Não há dúvidas de que a tecnologia chegou para ficar. Seja qual for o segmento da sociedade, o desenvolvimento tecnológico vem fazendo verdadeiras transformações, assim como facilitando a vida — e os negócios — daqueles que desfrutam das vantagens da era digital.

Essa realidade não é diferente no universo agropecuário, sendo a assinatura eletrônica no agronegócio uma das principais ferramentas que ajudam a impulsionar as atividades do setor.

Tendo em vista que as melhorias nos processos produtivos e o aumento da lucratividade são dois dos principais objetivos de todo gestor, é fundamental conhecer e aproveitar as inovações que a tecnologia é capaz de trazer para um negócio.

Foi pensando nisso que preparamos este post. Nele, você vai descobrir as principais vantagens que o uso da assinatura eletrônica traz para o agronegócio. Não perca tempo e confira tudo agora mesmo!

Modernização no agronegócio

O primeiro benefício que a assinatura eletrônica traz é a modernização no agronegócio. Isso porque a sua utilização requer a informatização de outros processos, principalmente os administrativos e os comerciais, na cadeia produtiva da empresa.

Assim, o uso dessa ferramenta faz parte da etapa final das modalidades de transação feitas no empreendimento, como as operações de compra com fornecedores e as de venda aos clientes.

Em uma sociedade cada vez mais digital, em que a informática e os mais variados recursos tecnológicos têm caracterizado o ambiente organizacional do universo corporativo, é essencial que o agronegócio se modernize.

A informatização dos processos de uma empresa a torna mais competitiva e capaz de ganhar espaço entre as suas concorrentes, o que, consequentemente, aumenta as oportunidades de negócio e os lucros.

Negociação mais rápida e eficiente

Uma das principais vantagens do uso da assinatura eletrônica no agronegócio é a rapidez de negociação que ela proporciona. Isso ocorre em razão da desburocratização dos processos, que é uma importante característica das atividades digitais, já que, com a informatização, os deslocamentos e as reuniões presenciais são diminuídos ou até mesmo abolidos. Usar a assinatura eletrônica na hora de iniciar, dar andamento ou fechar uma transação a torna muito mais eficiente.

Além disso, o emprego de tecnologias, como a assinatura eletrônica, no agronegócio vem revolucionando o relacionamento entre empresas e produtores rurais. E isso por um motivo muito simples: ambos podem otimizar o seu trabalho.

Utilizando a assinatura eletrônica, um funcionário da companhia tem a possibilidade de enviar um contrato ou outro documento de fechamento de negócio para o produtor rural ainda que cada um esteja em uma região do país.

Amento da produtividade

O aumento da produtividade é uma das tantas consequências positivas que o uso da assinatura eletrônica traz para o agronegócio. Considerando que essa prática comercial é bastante complexa, uma vez que compreende um conjunto de operações da cadeia produtiva, das atividades agropecuárias e das transações comerciais, há a possibilidade de haver atrasos ou até interrupções ao longo de todo o processo. Isso pode ser evitado com o emprego de ferramentas digitais.

Nessa perspectiva, o uso da assinatura eletrônica é capaz de tornar mais ágeis todas as operações envolvidas no agronegócio. Ela pode ser utilizada nos processos de contratação e demissão de funcionários, nas transações com instituições financeiras, na compra de produtos de fornecedores, nos procedimentos administrativos internos, na conclusão de vendas e diversas outras atividades. A otimização de todas essas operações dão uma guinada na produtividade da empresa.

Redução de custos e sustentabilidade

Mesmo que a saúde financeira da empresa esteja em ótimas condições e haja a preocupação assim como o engajamento em práticas sustentáveis, reduzir custos e cuidar do meio ambiente nunca é demais, além de serem estratégias relevantes para a sustentabilidade social e econômica. Essas são duas importantes vantagens proporcionadas pela adoção da assinatura eletrônica pelas companhias que atuam no agronegócio.

Com o emprego da assinatura eletrônica, é possível diminuir bastante ou mesmo extinguir o uso de papel nos procedimentos de negociação, o que, no final das contas, tende a gerar uma economia considerável nas operações de impressão de documentos. Esse tipo de prática ainda contribui para o equilíbrio ambiental, já que com o menor consumo de papel e tinta, há a redução de cortes de árvores e fabricação de toner.

Expansão dos negócios

Um dos grandes pontos positivos do desenvolvimento tecnológico é a capacidade de universalização da informação, a qual vem se tornando cada vez mais acessível. Essa é uma grande vantagem para o agronegócio, que tem a oportunidade de expandir os seus processos produtivos e atividades comerciais. E sabe quem é fundamental para que esse crescimento possa acontecer? A assinatura eletrônica.

Tendo em vista que a internet permite a comunicação entre pessoas que estão em locais distantes umas das outras, as empresas têm a chance de contatar e negociar com produtores rurais que estão em lugares remotos.

A assinatura eletrônica é crucial nesse tipo de transação, pois, considerando a sua validade, é ela quem possibilita que a negociação seja concluída sem a necessidade de custos adicionais e deslocamentos extras.

Facilidade nos trâmites de exportação e importação

Outro benefício da adoção da assinatura eletrônica no agronegócio é a facilitação dos procedimentos envolvidos nas atividades de exportação e importação. Isso ocorre porque, nesse tipo de comércio, todas as transações são realizadas em meio digital.

Portanto, neste caso, sem a utilização dessa ferramenta tecnológica, os trâmites necessários para a exportação e importação de produtos se tornam mais trabalhosos e demorados.

Maior segurança de dados

A assinatura eletrônica é um recurso que não só é válido para a realização de operações administrativas e comerciais como é seguro. Além de ser muito mais difícil efetuar qualquer tipo de falsificação em uma assinatura eletrônica, dados guardados em meio digital que estão devidamente protegidos, estão muito mais seguros do que os que estão em papel e podem ser extraviados ou mesmo roubados, a depender de onde é feito o seu arquivamento.

Como mostramos no decorrer do texto, o uso da assinatura eletrônica no agronegócio é mais que vantajosa para as atividades desenvolvidas nesse setor. Esse poderoso recurso tecnológico é seguro, eficiente, rentável, moderno, dinâmico e sustentável, além de contribuir diretamente para o aumento dos lucros da empresa.

Realize um teste grátis da plataforma de assinatura eletrônica da Docusign e veja como é possível melhorar o seu negócio.