Até há pouco tempo, inovações tecnológicas eram adotadas apenas por empresas globais, principalmente por aquelas de grande destaque em suas respectivas áreas de atuação. Hoje, porém, esse cenário mudou completamente, visto que a tecnologia na nuvem, por exemplo, já está sendo explorada pela maioria dos empreendimentos.

Tendo isso em vista, vamos destacar neste artigo os principais benefícios da tecnologia na nuvem para uma empresa. Vamos falar também sobre a relevância de apostar nessa inovação em diferentes frentes de negócio e mostrar como o uso dessa ferramenta pode elevar a competitividade de mercado. Acompanhe!

O que é tecnologia na nuvem?

Também conhecida como computação na nuvem ou cloud computing (do original em inglês), esse recurso gera vantagens substanciais aos negócios, independentemente da área de atuação.

A computação em nuvem é uma metodologia na qual as organizações podem hospedar suas informações, sistemas e hardwares na infraestrutura de um provedor desse tipo de serviço. Isso permite o acesso virtual de todos os dados ali armazenados.

A adoção desse modelo possibilita que a maioria dos recursos tecnológicos relacionados à ferramenta também sejam adquiridos em forma de serviços, o que favorece a estrutura organizacional e um controle mais efetivo dos custos.

Quais são os 4 maiores benefícios do uso da tecnologia na nuvem?

Investir em tecnologia na nuvem eleva a qualidade dos serviços prestados, aumenta a mobilidade e a integração com os clientes. Tais fatores são essenciais à competitividade e à escalabilidade tecnológica em prol da modernização da empresa.

Além dessas, destacamos outras vantagens desse recurso para a gestão empresarial. Confira!

  1. Redução de despesas

Um dos maiores benefícios que a tecnologia na nuvem gera para as pequenas e médias empresas é, sem dúvida, a redução de custos. Primeiramente, porque a gestão financeira pode adotar uma infinidade de programas totalmente flexíveis e que não requerem altos investimentos.

Outro aspecto importante é que o uso da tecnologia na nuvem dispensa a necessidade de implementação de hardwares, de aquisição de licenças ou de configuração dos serviços. Ao adotar essa ferramenta, sua organização “aluga” o hardware de que precisa por um custo mais acessível.

Ao final, sua empresa economizará espaço, consumirá menos energia e outros recursos de infraestrutura e suporte de TI. Isso possibilita que a economia gerada pelo uso da computação em nuvem seja alocada para outros setores que necessitam de investimentos.

  1. Mais segurança no armazenamento de dados

A tecnologia na nuvem é uma forma segura de evitar a perda de dados sensíveis e confidenciais. A maioria dos empreendedores que adotaram o cloud computing defende que esse é um dos seus grandes diferenciais.

Afinal, quando os seus dados estão alocados na nuvem, eles podem ser acessados por quaisquer dispositivos, independentemente do que aconteça com os equipamentos de sua empresa.

O que garante essa segurança é o constante trabalho dos provedores que prestam os serviços na nuvem. Eles utilizam recursos — como certificados de segurança e o uso de criptografia — para proteger os arquivos armazenados.

  1. Maior integração da equipe

Quando sua organização adota a computação em nuvem, todos os arquivos contendo os documentos mais importantes ficarão centralizados em um único ambiente. Essa maior visibilidade implica mais produtividade devido à melhor colaboração e agilidade dos envolvidos nas tarefas.

Assim, a maior integração das equipes favorece a resolução de problemas, além de otimizar  tempo e recursos. Isso comprova que as inovações tecnológicas são elementos essenciais para flexibilizar as rotinas empresariais e para o melhor desempenho dos negócios.

  1. Mais flexibilidade e dinamismo

Outro benefício do uso da metodologia de nuvem é a facilidade de acessar os arquivos e informações importantes por meio de qualquer dispositivo. Isso pode ser feito em qualquer hora e lugar, desde que você tenha acesso à Internet.

Assim, a computação em nuvem possibilita o trabalho remoto tanto externo como internamente. Ou seja, além da fácil acessibilidade aos documentos, também torna bem mais dinâmica a gestão dos empreendedores e favorece o desenvolvimento e o crescimento dos negócios.

Quais as principais tecnologias disponíveis na nuvem?

Listamos as 4 tecnologias mais utilizadas na computação em nuvem. Veja quais são!

  1. Juju

Juju é uma ferramenta que foi desenvolvida pela Canonical. É útil para software livre e para gerenciamento automático de orquestração de serviços na nuvem. Ele é usada para implementar, administrar e ajustar a escala de softwares em uma ampla variedade de processos que envolvem a modalidade de cloud computing. Uma das vantagens do Juju é a significativa redução da carga de serviços de implementação, o que facilita a configuração dos sistemas.

  1. OpenStack

O OpenStack também é uma plataforma de computação em nuvem desenvolvida especificamente para a modalidade de software livre. Ele é amplamente empregado como solução de Infraestrutura como serviço — conhecido como IaaS — cuja funcionalidade está ligada aos processos de rede e de armazenamento do datacenter.

  1. Docker

É um tipo de recurso tecnológico que tem sido amplamente utilizado para o desenvolvimento, envio, execução e entrega de aplicativos com maior rapidez. Com os recursos do Docker, o usuário consegue enviar os códigos de ativação dos aplicativos com maior rapidez.

Nessa plataforma, a execução dos testes de funcionamento e a avaliação das margens de erro são bem reduzidas. Isso favorece a gestão empresarial em diferentes sentidos, já que, no universo corporativo, a otimização do tempo e dos recursos é um fator relevante para a continuidade dos negócios.

  1. Assinatura eletrônica

No Brasil, o uso da assinatura eletrônica de documentos ganhou força nos últimos anos. Essa modalidade permite a assinatura de contratos eletrônicos com validade jurídica assegurada por Lei. Muitas empresas de destaque aderiram a esse tipo de ferramenta a fim de adaptar seus serviços ao mundo digital e a facilidade de ter todos os documentos arquivados na nuvem. Permitindo que empresas evitem gastos com armazenamento de documentos em papel, transporte destes documentos e impressão.

O atual mercado exige que organizações se atualizem para conseguir acompanhar a concorrência. Nessa conjectura, a chave do sucesso é se adaptar às tendências e aprender a usar a tecnologia a favor de seu empreendimento.

A substituição da assinatura no papel pela modalidade de assinatura eletrônica é uma opção sustentável e muito mais viável economicamente. Essa solução pode, ainda, ser aliada à tecnologia na nuvem, otimizar o fluxo de trabalho, fortalecer a marca e impulsionar os negócios.

Gostou deste artigo? Então, não perca tempo: entre em contato com a DocuSign e veja como nossas soluções em tecnologia podem ajudar a sua empresa a crescer muito mais!