6 passos para mandar bem nas vendas online B2B

Vender na Internet é uma realidade cada vez mais forte no Brasil e no mundo. E engana-se quem acredita que as vendas online são uma solução apenas para o consumidor final. A comercialização B2B também está entrando na Internet e mostrando-se uma excelente opção para quem busca clientes recorrentes e com ticket alto.

Mas, afinal, como ter sucesso na venda para empresas? Neste post, explicamos um pouco mais sobre o conceito de B2B e listamos 6 dicas incríveis para aumentar suas vendas nesse modelo. Ficou curioso? Então acompanhe a leitura.

Afinal, o que é venda B2B?

B2B e B2C, quem trabalha com vendas já deve ter se deparado com essas duas siglas. Você sabe o que elas significam e como impactam o processo de consumo? A expressão B2B é a abreviação de business-to-business, ou seja, ela se refere a comercializações que ocorrem entre duas empresas, em que uma é o cliente e a outra, o fornecedor.

Já quando falamos de B2C (business-to-customer), queremos dizer que a transação acontece entre uma empresa e seu consumidor final.

É importante ter em mente, portanto, que os dois tipos de venda têm públicos com características e perfis distintos. Assim, para obter sucesso em cada um deles, é fundamental adotar estratégias diferenciadas.

Como impulsionar suas vendas online B2B?

No Brasil, o segmento de mercado online B2B ainda está se estruturando por conta de mais complexidade nas transações. Devido a isso, é indispensável estudar e planejar bem suas estratégias para atingir tal público.

A seguir, listamos algumas dicas arrasadoras para que você aumente as vendas e fidelize seus clientes. Confira!

1. Conheça o perfil do cliente e o mercado de atuação

Antes de tudo, é essencial estar ciente de que a pessoa jurídica apresenta um perfil diferenciado do cliente final e, por isso, precisa de um serviço mais exclusivo.

Nesse tipo de transação, as vendas são mais racionais e menos impulsivas. Isso porque o cliente é treinado e tem experiência em buscar soluções com o melhor custo-benefício para a organização. Assim, é fundamental que o vendedor consiga destacar, clara e objetivamente, as qualidades e diferenciais do seu produto.

Além disso, é necessário que o vendedor tenha um perfil mais analítico e trabalhe como um consultor. Observando os problemas do cliente e propondo soluções efetivas. Ou seja, é fundamental estudar bem o seu mercado de atuação.

2. Diversifique canais

Tanto para os públicos B2B quanto para o B2C, os canais de comunicação podem ser os mesmos. No entanto, a forma como eles são utilizados é diferente.

Enquanto B2C busca atingir o consumidor final de modo generalista, a comunicação B2B deve ser feita com mais cuidado e segmentação, de maneira que sua empresa seja encontrada por um público com necessidades específicas.

Imagine, por exemplo, que você tem um e-commerce que venda produtos alimentícios no atacado. Seu público-alvo, nesse caso, são restaurantes e lanchonetes. Assim, é preciso que toda a comunicação seja voltada para empresas interessadas no custo-benefício de insumos.

Para a prospecção de tais clientes, portanto, será necessário que os canais de divulgação sejam bem configurados para que você segmente o público e evite atingir pessoas físicas. Além disso, é importante estudar quem é o seu potencial cliente e quais ferramentas e sites ele consome.

Com base nisso, é possível entender quais os canais adequados para divulgação. Você deve apostar em recursos como o Google Ads e o Facebooks Ads, mas também pode encontrar blogs e sites do nicho e criar anúncios personalizados para cada tipo de mídia.

3. Invista em boas plataformas de venda

A plataforma em que você vende o seu produto também é determinante para garantir mais vendas e bons resultados. É imprescindível que ela seja intuitiva e rápida para que o cliente não perca o interesse.

Implemente sistemas de filtragem para o catálogo e inclua o máximo de informações possíveis sobre cada produto. Além disso, sempre ofereça fotos de qualidade dos itens e, se possível, até mesmo vídeos.

Preços, promoções e vantagens precisam estar em destaque na descrição dos produtos, assim como informações sobre frete e logística, tudo bem explicado.

Caso prefira oferecer seus produtos no sistema de marketplace, busque por lojas já consolidadas que façam sentido para seu nicho. Anunciar alimentos em um marketplace focado em móveis, por exemplo, pode não ser uma boa estratégia.

4. Impulsione suas campanhas

Encontrar um público muito específico nas redes pode ser um desafio. Por isso, é crucial empregar ferramentas de impulsionamento para conseguir ampliar o alcance de suas campanhas digitais.

Além disso, estude e coloque em prática as técnicas básicas de otimização SEO em sua loja virtual. Assim, você conseguirá alavancar a sua posição nos mecanismos de buscas sem precisar de grandes investimentos.

5. Mantenha presença nas mídias sociais

O jeito ideal de sempre ser lembrado é mantendo uma boa presença online e preservando um relacionamento com seu público. Por isso, é fundamental que sua empresa tenha um perfil nas principais redes sociais e conserve um canal de comunicação com os seguidores.

Além disso, é importante acompanhar a reputação de sua loja nesses ambientes virtuais, observando tudo o que é dito sobre ela e oferecendo suporte para dúvidas e reclamações. Assim, você passa mais credibilidade e confiança e gera uma imagem mais sólida e acessível.

6. Adote uma estratégia de e-mail marketing

Um dos grandes diferenciais das vendas B2B é o fato de que elas costumam ser recorrentes. Um distribuidor de calçados, por exemplo, sempre precisará manter o estoque em dia e buscar por lançamentos e tendências. Por isso, fidelizar seu cliente e criar um relacionamento com ele é a chave para o sucesso no B2B.

Para isso, você pode utilizar uma boa estratégia de e-mail marketing. Com ela, consegue apresentar lançamentos, realizar promoções e ações exclusivas e fazer com que o cliente lembre-se de você na hora de comprar.

As vendas online B2B são um modelo bastante vantajoso, graças ao ticket alto e à recorrência. No entanto, é fundamental seguir nossas dicas para conseguir prospectar novos clientes e fidelizá-los, conquistando bons resultados.

Após realizar a sua venda online, você pode facilmente utilizar uma plataforma de assinatura eletrônica para formalizar esta venda e te garantir juridicamente com um contrato assinado. Tudo de forma 100% digital. Saiba mais sobre assinatura eletrônica de documentos no nosso site: www.docusign.com.br

Quer mais comodidade em suas transações e contratos? Entre em contato conosco e conheça nossas soluções.

assinatura eletrônica

 

Publicados
Temas relacionados