Trabalho híbrido: veja como esse modelo funciona e conheça suas vantagens

Trabalho híbrido

A sua empresa está preparada para as novas demandas do mercado laboral? O trabalho híbrido é uma alternativa que está se consolidado, pois se tornou fundamental durante a pandemia do Covid-19.

Como o próprio nome diz, essa modalidade profissional é flexível, já que o colaborador executa parte das funções na sede da companhia e outra em casa (home office). Isso permite que ele escolha os locais mais agradáveis e produtivos para realizar suas tarefas de rotina.

Como essa nova conduta gera muitas dúvidas, elaboramos este conteúdo. Veja a seguir tudo sobre trabalho híbrido e suas vantagens.

O que é trabalho híbrido?

Trata-se de uma jornada de trabalho versátil que permite ao funcionário cumprir a jornada presencialmente (na instituição) e à distância (em sua residência ou lugar que julgar mais adequado).

Essa ideia não foi criada durante a pandemia de 2020, pois algumas empresas já ofereciam essa flexibilidade. A crise global somente abriu espaço para as companhias verem o trabalho remoto com outros olhos.

Durante muitos meses as empresas tiveram que implementar o modelo de home office a fim de garantir a saúde dos funcionários e seguir as recomendações dos órgãos governamentais. Porém, essa condição se mostrou bastante viável, pois gera diferenciais positivos para equipes e corporações, como o aumento da produtividade. Com isso, muitas das empresas estão estudando o modelo de trabalho híbrido, que mistura o modelo antigo no escritório com o novo modelo de home office.

E como funciona na prática? Nem todas as funções permitem o home office em tempo integral por causa da necessidade de marcar presença na empresa. Por isso, os gestores revezam equipes e setores entre atuação remota e presencial a fim de evitar aglomerações.

Quais as diferenças entre trabalho híbrido, home office e anywhere office?

Agora que você já conhece o trabalho híbrido, vamos relacioná-lo com as outras jornadas laborais que também estão em alta. Veja a seguir!

Home office

Corresponde ao trabalho fora da empresa. Isso é possível graças aos avanços tecnológicos das últimas décadas, que trouxeram computadores, softwares e internet ao alcance da maioria.

Dessa forma, é possível atuar à distância, e a jornada se torna mais flexível, mas o compromisso diário continua o mesmo, como se o colaborador estivesse no escritório fisicamente. A avaliação de presença e produtividade é realizada por entregas e não mais por um horário fixo.

Anywhere Office

Essa alternativa é encarada como uma evolução do trabalho híbrido e do home office: enquanto os antecessores são executados com alguns profissionais trabalhando fora do ambiente organizacional, o anywhere office abandona esse espaço presencial para formar escritórios digitais.

Ou seja, todo o time atua de forma remota, com cada membro cumprindo suas obrigações e tendo boa performance longe da sede da empresa. Tendo equipamentos e ferramentas de ponta, a administração da companhia é realizada em qualquer lugar.

Esse modelo vem sendo adotado por muitas instituições, independentemente do seu porte ou segmento mercadológico, especialmente por causa da necessidade de reduzir aglomerações internas por motivos de saúde.

Como visto, os diferenciais entre as três modalidades ficam por conta de características pontuais, sendo que o home office é o mais restrito — caso a pessoa só trabalhe em casa em —, e os outros dois são mais flexíveis.

Quais são os principais desafios?

É evidente que cada vez mais a hibridez laboral tem conquistado espaço no setor empresarial. Mas será que as coisas vão se normalizar quando a realidade pandêmica acabar?

Segundo uma pesquisa feita pela Gartner, 82% dos gestores desejam continuar com essa condição. Além disso, há um interesse maior em flexibilizar as jornadas tanto por meio de dias quanto por horários flexíveis, a depender de cada negócio.

Isso mostra que a realidade imposta pela pandemia não será passageira. As pessoas ficaram profundamente impactadas pela crise financeira e pelo isolamento social, o que transformou a visão e a conduta das relações de trabalho.

E os benefícios?

A hibridez laboral traz inúmeros benefícios para ambas as partes (empresa e empregados). Na sequência, vamos mostrar as principais vantagens que surgirem a partir dessa mudança.

Redução de custos

É sentida tanto na infraestrutura quanto nos insumos diários. Menos pessoas na companhia significa economia com eletricidade, água, materiais de escritório, vale-refeição etc. — o que gera sustentabilidade corporativa.

Quando o funcionário não se desloca até o escritório, compreende-se que o auxílio transporte não precisa ser pago. Como o assunto é modelo híbrido, ele será pago parcialmente, o que representa uma redução de custos considerável.

Flexibilidade no trabalho

Nos últimos anos, a jornada engessada de trabalho tem dado espaço para a versatilidade. Como foi falado, o trabalho híbrido flexibiliza a rotina laboral, garantindo que profissionais mudem de ambiente, prezem pelo conforto e até mesmo que cumpram as suas obrigações em horários alternativos.

Fortalecimento da cultura organizacional

Essa modalidade funcional favorece a identificação dos funcionários com a organização, o que aumenta o engajamento das equipes, gerando mais motivação e bons desempenhos — isso sem falar na possibilidade de beneficiar a capacidade criativa dos talentos.

Melhora na qualidade de vida dos colaboradores

Sim, a qualidade de vida é melhorada quase que instantaneamente, pois gera comodidade, garante horas livres, menos estresse e reduz o absenteísmo. Ao trabalhar em dias alternados na empresa, o empregado sofre menos exposições que causam estresse, além do trânsito no caminho do trabalho e circunstâncias no dia a dia.

Além disso, ele gasta menos com alimentação fora de casa, combustível, passagem de transporte público etc. Por fim, vale destacar a chance de ter mais tempo com a família e a oportunidade de buscar momentos de lazer ou fazer exercícios físicos.

Retenção e atração de talentos

O trabalho híbrido também traz vantagem competitiva, pois a sua natureza laboral atrai novos talentos e retém os que já fazem parte do time. Esse é um diferencial que muita gente busca atualmente, em especial as pessoas mais jovens. Portanto, se a sua companhia promove essa condição, ela já está na frente das outras.

Maior produtividade das equipes

A alternância laboral entre empresa e casa favorece a mudança de ambientes, o que desperta a criatividade e aumenta a produtividade para o desenvolvimento de projetos e tarefas, já que o encontro com colegas de trabalho tende a render boas ideais e mais engajamento.

Autonomia no trabalho

A conduta de empresas de sucesso é a liderança horizontal, que dá mais autonomia aos funcionários. Esse modelo hierárquico dispersa responsabilidades entre os membros da equipe remota, deixando-os tomar decisões por si, agilizando as entregas.

Como visto, o trabalho híbrido é uma forma inteligente, rentável e segura de liderar pessoas, gerar engajamento e melhorar a performance da empresa — desde que seja gerenciado de forma estratégica. Ao fazê-lo com o auxílio de ferramentas tecnológicas de ponta, você garantirá resultados competitivos de forma imediata.

Nesse caso, o DocuSign Agreement Cloud ajuda o seu negócio a facilitar a atuação dos seus funcionários e a beneficiar a clientela. Contamos com aplicações e integrações que automatizam todo o processo de acordos, assinatura eletrônica, gestão do ciclo de vida de contratos e geração de documentos, entre outras facilidades.

Gostou deste post? Caso tenha interesse em aproveitar as novidades tecnológicas em seu negócio, experimente nossos recursos gratuitamente por 30 dias!

Publicados
Temas relacionados