A assinatura eletrônica está se tornando a primeira escolha para eliminar possíveis problemas e atrasos causados com documentos assinados em papel. Há pouco tempo, não se acreditava que elas seriam aceitas. Porém, hoje, são amplamente reconhecidas em todos os tipos de negócios (leia aqui mais sobre a legalidade da assinatura eletrônica).

Se você é um pequeno e médio empreendedor e quer implementar a assinatura eletrônica na sua empresa, ou está se perguntando em quais situações pode utilizá-la para acelerar processos e gerar mais resultados, reunimos os 10 usos da ferramenta mais popular do DocuSign Agreement Cloud em PMEs.

Top 10 usos da assinatura eletrônica em PMEs:

  1. Contratos de vendas

Os contratos de vendas são o coração de muitas empresas. Na verdade, eles são tão importantes que não dar atenção para esses documentos pode causar muito estresse. Realizar contratos de vendas com assinatura eletrônica faz com que seja mais rápido modificá-los e rastreá-los caso necessário. A área de vendas fica muito mais eficiente e com mais tempo livre para se dedicar a realizar novas vendas.

Exemplos: venda de equipamentos, venda de insumos, venda de produtos de agronegócios e etc..

  1. Fornecedor e acordos de prestação de serviços

As PMEs podem ficar em desvantagem ao negociar com fornecedores. Por isso, é importante agilidade na definição de preços e termos. Velocidade na ação de fechar o contrato, assim que ambas as partes chegarem a um acordo, pode garantir um resultado mais favorável. Confira algumas dicas de negociação com fornecedores aqui.

Exemplos de negócios:  IFood que fecha acordo com os restaurantes via DoucSign, varejo, serviços corporativos e para consumidores.

  1. Novos formulários para clientes

Se você precisa que novos clientes preencham um formulário ou qualquer outro documento para negociar, a assinatura eletrônica tem lugar na sua empresa. Além de poupar papel e reduzir custos de impressão e transporte, você pode eliminar a tarefa de recuperação de documentos, ganhando tempo e evitando possíveis erros, danificações ou extravios.

Exemplos de empresas: prestadores de serviços de saúde, consultórios médicos e salões de beleza.

  1. Ordens de alterações

As alterações são uma constante quando se trata de negócios baseados em projetos. O escopo de trabalho pode falhar e a imprevisibilidade é uma certeza. Ou então, os clientes simplesmente mudam de ideia.

A adição de assinaturas eletrônicas nas solicitações de alterações permite que você acompanhe as mudanças de maneira integrada, evitando contratempos e mantendo um processo seguro e documentado, com possibilidade de revisão na própria plataforma na nuvem, a qualquer momento.

Exemplos de negócios: arquitetura, web designers e construção.

  1. Aprovação de clientes

Para empresas que entregam produtos sob medida, a última aprovação antes da fabricação é fundamental. Não ser capaz de receber respostas rápidas pode te deixar exposto. As assinaturas eletrônicas permitem que você receba e armazene as aprovações com facilidade, para a conclusão mais rápida do pedido.

Exemplos de negócios: lojas de impressão, arte e mobiliário personalizado.

  1. Processo de integração de novos funcionários

Quando falamos de contratação, parece que há uma quantidade de papel interminável, não é? Formulários de contato, inscrição de benefícios, formulários de folha de pagamento e a lista continua… Mas pode ser fácil lidar com esses documentos de forma segura e rápida usando assinaturas eletrônicas. Quando você faz isso, a primeira impressão de seus funcionários é incrível! (Como sabemos, a primeira impressão é que fica – confira aqui os impactos da DocuSign na rotina do RH).

Exemplos de negócios: qualquer empresa com mais de um funcionário, desde folha de pagamento, onboarding de funcionários, ficha de admissão, requisição de ticket e de férias….

  1. Licenciamento de propriedade intelectual e outros acordos legais

Como as assinaturas eletrônicas da DocuSign são juridicamente vinculativas a uma trilha de auditoria admissível em tribunal, são perfeitas para documentos jurídicos comuns, como o licenciamento de propriedade intelectual.

Exemplos de negócios: franquias e empresas de tecnologia.

  1. Contrato de confidencialidade

Em um mundo competitivo, os acordos de confidencialidade são a base da segurança, permitindo que você faça negócios com mais liberdade. Usando caneta e papel tradicionais, eles são altamente inconvenientes. É muito fácil errar, é difícil fazer o check-up e eles costumam passar despercebidos.

Com assinaturas eletrônicas, esses acordos podem ser realizados em um dispositivo móvel, remotamente ou em pessoa, garantindo a tranquilidade de entrar em discussões com confiança.

Exemplos de negócios: NDAs de funcionários, negociações de licenciamento e proteção de IP.

  1. Contratos de Distribuidor

Se as parcerias com revendedores, distribuidores ou outros canais de vendas são essenciais para o sucesso do seu negócio, as assinaturas eletrônicas podem facilitar e tornar os negócios mais atraentes.

Exemplos de negócios: empresas de tecnologia e atacadistas.

  1. Consentimento dos pais e verificação da idade

Se você trabalha com crianças ou precisa verificar a idade para seus funcionários servirem bebidas alcoólicas em seu restaurante, as assinaturas eletrônicas podem também ser integradas às soluções de verificação de identificação para facilitar o dia a dia. Isso agiliza o processo e garante uma boa experiência aos clientes.

Exemplos de empresas: acampamentos para crianças, excursões de escolas e permissão dos pais.

Se o texto te deixou com vontade de experimentar assinaturas eletrônicas na sua empresa, inscreva-se para uma avaliação gratuita! Ou, se você já é um cliente, fique à vontade para navegar pelo nosso blog, ele pode te ajudar nos insights sobre como expandir as maneiras de usar o DocuSign.