O que são empresas ágeis? Entenda suas principais características

O que são empresas ágeis? Entenda suas principais características

Ficar de olho nas inovações e nas tendências do mercado é importante não apenas para melhorar os processos internos, mas também para oferecer uma melhor experiência ao consumidor final. Um dos caminhos para fazer isso é se transformando em uma das empresas ágeis no mercado, utilizando essa metodologia para otimizar todo o fluxo de trabalho.

Seja pela maior independência e responsabilidade dos profissionais, seja pela velocidade mais rápida para resolução de problemas, implementar uma cultura ágil posicionará o seu negócio como uma das referências no seu segmento. Especialmente para quem quer desburocratizar processos e abraçar a inovação, esse é o caminho mais indicado.

Muito comum dentro do universo das startups, essa é uma metodologia que vem conquistando cada vez mais espaço entre as organizações consideradas mais tradicionais. Mas, na prática, o que esse conceito representa, como surgiu e quais são os principais benefícios para as empresas que o adotam? O que acha de tirar todas as suas dúvidas sobre as características das empresas ágeis? Continue a leitura e confira!

O que é a cultura ágil?

É uma metodologia que estimula uma mudança mais profunda na estrutura das organizações. O objetivo é promover maior liberdade aos profissionais da empresa e, ao mesmo tempo, garantir a colaboração entre todas as partes a partir de soluções e ferramentas tecnológicas ideais para cada companhia.

Dentro da cultura ágil, existem inúmeras metodologias — como a Lean Inception — que proporcionam todos os objetivos citados acima. Em comum, algumas características se destacam. A principal delas é o desenvolvimento constante. Isso exige a adoção de uma cultura de aprendizagem em que todos os profissionais busquem melhorias em seus processos, resultando em entregas rápidas e de alto nível.

A flexibilidade é outro componente importante dentro dessa cultura, permitindo que os projetos se modifiquem ao longo do caminho, desde que isso resulte em melhorias. O feedback também desempenha um papel relevante dentro dessa metodologia — não apenas entre os colaboradores, mas também com a participação ativa dos clientes.

O que são empresas ágeis?

As empresas ágeis são, portanto, as companhias que utilizam essa metodologia em seus fluxos de trabalho. A rotina tradicional no mercado, que era marcada por pouca liberdade para os profissionais e decisões hierarquizadas e burocráticas, é substituída por uma dinâmica acelerada, com uma forte digitalização de processos e maior integração entre todas as equipes e setores.

Em resumo, fluxos de trabalho mais lentos são substituídos por processos mais rápidos, permitindo uma adaptação da empresa em relação a desafios e ameaças. Ou seja, os negócios precisam ser mais rápidos para reagirem em relação ao que acontece ao redor. O exemplo da pandemia de Covid-19 mostra como é fundamental ter uma estrutura adaptativa.

Como falamos, existem diferentes métodos que trabalham e estimulam a cultura ágil, mas todos têm em comum a origem, afinal estão relacionados com o Manifesto Ágil. A estrutura da declaração valoriza e prioriza os seguintes itens, com o objetivo de que eles se tornem pilares em uma organização:

  • indivíduos e suas interações acima de procedimentos e ferramentas;
  • funcionamento do software acima de documentação abrangente;
  • colaboração com o cliente acima da negociação e do contrato;
  • capacidade de resposta a mudanças acima de um plano pré-estabelecido.

Na prática, isso significa que a prioridade dentro de uma empresa ágil deve ser a aplicação dos métodos à esquerda dos tópicos. De forma alguma, porém, a ideia é acabar com os itens que estão à direta: a intenção é apenas estipular uma ordem de importância.

Como elas funcionam na prática?

Qual é o impacto dessa metodologia nas empresas ágeis? É exatamente isso que você verá logo a seguir!

Incentivam a inovação

Com mais liberdade para criar e deixar a sua contribuição, o profissional se sente mais confortável para sugerir novas abordagens e visões para os projetos, visto que uma ideia não precisa passar por várias etapas de análise até ser aprovada.

Com o ciclo mais curto para os processos internos, a inovação se torna muito mais propícia e eficiente, criando uma cultura de aperfeiçoamento constante.

Aumentam a produtividade

Como consequência desse ambiente mais colaborativo, os profissionais se sentem relevantes dentro da organização. A cultura ágil, portanto, estimula também o desenvolvimento de colaboradores, mantendo um ambiente ideal para um alto nível de produtividade.

Favorecem a maior cooperação entre as equipes

Essa metodologia também incentiva o trabalho em equipe, evitando projetos restritos. Assim, cada colaborador contribui com um pouco do seu conhecimento, agregando ainda mais valor para o produto entregue ao usuário. Com a troca de informações, todos os profissionais se sentem aptos a colaborar.

Reduzem custos e desperdícios

A partir do momento em que a comunicação se torna mais direta e com menos ruídos, a quantidade de tempo e de recursos desperdiçados reduz consideravelmente. O número de tarefas repetidas, por exemplo, tende a diminuir. Afinal, os processos são mais transparentes e inclusivos, permitindo que cada um entenda melhor quais são as suas responsabilidades.

Criam um diferencial competitivo

Por fim, implementar a cultura ágil na sua empresa é uma maneira de se diferenciar dentro de um cenário tão concorrido como o atual. Já que o maior beneficiado é o usuário final do seu produto e/ou serviço, o público reconhece a sua organização como algo diferente.

Além disso, menos tempo é perdido com tarefas e processos burocráticos, com o foco voltado para ações mais estratégicas e o resultado. Por fim, a experiência entregue ao cliente se torna ainda mais completa.

Como a tecnologia facilita a desburocratização dos processos?

Dentro desse cenário, a tecnologia tem uma função fundamental, pois ferramentas, soluções e acessórios possibilitam que todos os conceitos da cultura ágil sejam colocados em prática. Quando se fala em "funcionamento do software acima de documentação abrangente", as soluções da DocuSign são um exemplo disso, tornando a rotina de trabalho mais simples a partir da redução da documentação.

Seja tornando o processo de assinatura de contrato mais rápido, seja centralizando e digitalizando toda a documentação da companhia, utilizar essas soluções no dia a dia permite que a cultura ágil seja implementada. É possível ganhar em eficiência sem perder em qualidade ou até mesmo em validade jurídica, tudo para estruturar um fluxo de trabalho mais simples e prático.

A cultura ágil, portanto, é o primeiro passo para que a sua organização se desenvolva e abrace, de uma vez por todas, a transformação digital. Com essa estrutura, a tendência é que o seu negócio enfrente os desafios e aproveite as oportunidades de forma mais eficiente e produtiva.

Agora que você já sabe como as empresas ágeis funcionam, o que acha de iniciar a mudança dentro da sua organização? Entre em contato com a nossa equipe de vendas para entender como as soluções da DocuSign ajudam na implementação dessa metodologia!

Publicados
Temas relacionados