Dias 30 e 31 de maio foram marcados pelo VTEX Day 2019 em São Paulo, um evento focado em inovação digital e varejo, que reuniu diversos parceiros para discutir o assunto, além de convidados ilustres como o Presidente Barack Obama. Um dos pontos fundamentais para que se tenha inovação dentro de uma empresa é a Transformação Digital e, por isso, a presença da DocuSign foi fundamental.

As sessões começaram com uma palestra exclusiva do Presidente Barack Obama, que iniciou seu discurso falando sobre liberdade, educação e democracia, além da importância em acreditarmos no poder que a tecnologia tem de tornar essas duas coisas possíveis.

“Uma das coisas poderosas que temos na tecnologia é que as ideias não têm barreiras, elas se movem rápido através do globo. Ela deixou tudo mais acessível e democrático”, explica o presidente Barack Obama.

Outro tópico bastante enfatizado pelo presidente foi a importância da educação e como a tecnologia ajuda a criar oportunidade para todos. Obama comentou que já realizou uma visita a favela e explanou que, a única diferença entre ele e os meninos de lá, que estavam jogando futebol, é o acesso à educação que ele teve. Ou seja, qualquer um deles, se tiverem a oportunidade de estudo e acesso à tecnologia, podem se tornar grandes profissionais, em qualquer ramo de conhecimento.

Foto: divulgação.

Obama também complementou seu discurso destacando a importância das empresas em se envolverem no processo de garantir o acesso ao conhecimento a todos. “Se derem oportunidade para cada um no seu país, as companhias terão mais sucesso, pois suas equipes terão mais diversidade”, comenta. Ele explicou que quanto maior a diversidade, mais pensamentos diferentes teremos, com isso, mais criatividade e, por consequência, inovação.

“Nós não vamos mais empregar pessoas para mexer em máquinas, elas mesmas vão fazer esse tipo de tarefa. As pessoas terão a função de criar e outras atividades desse gênero, como incentivar pessoas e abraçar, por exemplo”, disse o presidente.

Na conversa, ele também falou sobre o papel de líder, que precisa de uma educação com foco em aprender a analisar situações e informações, não apenas absorvê-las. “Ser um bom líder não é ficar sem respostas, mas, sim, fazer as perguntas certas! Por isso, temos que ter sempre as melhores mentes ao nosso lado. Assim como dados e especialistas, que podem ajudar a eliminar nossos blindspots”, explicou o presidente Barack Obama.

Para finalizar, abordou o tema da sustentabilidade, que considera papel das empresas promover o cuidado ao meio ambiente e a igualdade social. “Não quero que acabe o free market, mas precisamos ter certeza que isso seja sustentável, com todos fazendo parte além de ter o cuidado com a natureza. Afinal, não adianta ter um super aplicativo, se não conseguirmos respirar! Temos responsabilidades sobre a próxima geração e nas coisas que vamos deixar para eles”, disse.

Com o discurso encerrado, os participantes tiveram livre acesso à feira, que contava com uma programação à parte, incluindo mini palestras sobre as tecnologias disponíveis para automatizar e melhorar o desempenho do varejo. Foi possível perceber que se falou muito de temas resultantes da Transformação Digital e inovação, como inteligência emocional.

Como o próprio presidente Barack Obama disse em sua sessão, a tecnologia está caminhando para fazer os trabalhos mais automáticos. O ser humano precisa então começar a assumir seu novo papel com outras funções, como a de cuidar dos processos emocionais, sociais e do meio ambiente.

O mesmo assunto foi discutido durante uma roda de conversa com Guilherme Junqueira, CEO da plataforma Gama Academy, Camila Achutti, CEO da MasterTech, e José Roberto Marques, presidente do IBC Coaching e jurado do programa O Aprendiz. Os participantes falaram sobre as previsões de como seria o futuro, com a tecnologia em um avanço rápido e constante.

“Sempre me perguntam qual será o futuro. A única certeza que eu tenho é que vai ter gente no futuro”, diz Camila.

Com esse raciocínio, os três chegaram à conclusão de que é necessário pensar mais em serviços e carreiras para o desenvolvimento das pessoas. “Pois, o resto, a tecnologia vai fazer tudo”, explica Guilherme.

Toda essa mudança de cenário impôs uma nova realidade para as empresas, assim como para alguns cargos corporativo. Porém, os que mais foram destacados durante o evento foram os de liderança.

Afinal, qual o papel do líder na Transformação Digital? Com toda a automação de processos e tecnologia para alinhar expectativas e tornar as respostas eficientes, quais as novas habilidades que os cargos de liderança precisam desenvolver?

Isso também foi assunto na entrevista com o presidente Barack Obama, que falou sobre a importância da diversidade, pois olhares diferentes conseguem alimentar um ponto cego com novas informações e resolver problemas que antes eram considerados muito complicados.

Bruno Nardon, presidente da Rappi Brasil, também subiu ao palco do VTEX Day e falou sobre as funções do novo líder. “O objetivo não é de ensinar a mexer em um software ou de realizar processos, mas de extrair o que tem de melhor em cada um na equipe, tanto de conhecimento, quanto de outras habilidades”, explicou.

Outro nome que passou pelo palco principal do evento foi Ricardo Amorim, economista, que falou sobre Transformação Digital e seu momento atual. “Quando acaba a tecnologia velha, todo mundo fica com medo, porque não sabe o que acontecerá a seguir. Porém, todos acabam utilizando a nova. Isso já ocorreu várias e várias vezes, como no comércio de charretes, que foi se extinguindo, porém, ganhou espaço para a indústria do automóvel, que gerou muito mais emprego para as pessoas”, disse Amorim.

O economista comentou sobre todas as oportunidades que são possíveis com a tecnologia e que o medo é o pior inimigo da Transformação Digital. “O que precisamos ensinar para as pessoas é que elas precisam estar preparadas para um futuro muito diferente, que não sabemos qual vai ser”, explica.

Outra grande entrevista que ocorreu no VTEX Day foi sobre market place e a possibilidade de sucesso no e-commerce, com Sienne Veit, diretora da John Lewis, e Ian Jindal, do InternetRetailing.net e RetailX.net.

Sienne explicou como foi a transição de loja física para digital e que a marca chegou a conclusão de que não existe uma separação, é uma questão de experiências diferentes e ambas precisam de atenção e cuidado. Inclusive em relação ao site e ao mobile, que são duas vivências diferentes.

Já que nesse novo momento do mundo não se pode medir apenas a quantidade de vendas, é necessário pensar sobre a felicidade do cliente. “A transformação nas compras é sobre experiência. Vendemos online, mas nas lojas físicas é possível conhecer os materiais, os cheiros e ter um acompanhamento e dicas de estilo. Então, no futuro, com o e-commerce, não teremos vendedores em si, mas no fim criamos outras funções para esse tipo de trabalho”, explica a diretora.

Outra grande empresa que fez presença no evento foi a Maurício de Sousa Produções (MSP), com o próprio fundador. Eles falaram sobre como é importante a presença no ambiente digital e as mudanças que foram realizadas no decorrer dos últimos tempos. “Assim, a Turma da Mônica, chega para todo o mundo, ela se torna acessível para quem quiser. No YouTube, no gibi ou no mangá”, explica Maurício.

A Transformação Digital da MSP foi fundamental para chegar as novas gerações e até ao saudosismo das mais velhas, por isso, seu fundador consegue continuar a inspirar mais e mais pessoas.

Esse futuro é muito interessante, pois podemos ver grande oportunidades e possibilidades de uma sociedade saudável, assim como um meio ambiente cuidado. Mas isso só será possível se todas as empresas tiverem um papel nessa jornada, começando pela Transformação Digital.

Com ela, é possível a implementação de ferramentas digitais, como a assinatura eletrônica, que podem ajudar as empresas a ter mais tempo para focar em outras coisas mais importantes do que processos. Por isso, a DocuSign esteve presente no evento com um estande, para inspirar cada vez mais empresas a iniciarem essa mudança e, as que já estão no caminho, a melhorarem seus processos e assim conquistarem mais tempo e outros recursos para serem aplicados ao que realmente importa: pessoas.

Você participou do VTEX Day, mas não teve tempo de conhecer a assinatura eletrônica nem os outros produtos da suíte DocuSign Agreement Cloud? Converse com a equipe de vendas e saiba mais, ou continue no blog para explorar as diversas possibilidades de impacto positivo, que a implementação dessas soluções pode fazer pela sua empresa.

Caso tenha conversado com a DocuSign, mas não sabe por onde começar… que tal um teste gratuito de 30 dias? Clique aqui.