Entenda como a gestão por resultados pode ajudar sua empresa

gestão por resultados Seja no setor público ou na iniciativa privada, o alcance de altos níveis de desempenho é um dos principais objetivos de qualquer organização. O desafio para essa conquista, no entanto, é descobrir o que fazer exatamente para obtê-la, tendo em vista a grande quantidade de variáveis que estão envolvidas no funcionamento de um negócio. É nesse contexto que surge a gestão por resultados como uma solução não só viável como eficiente para o desenvolvimento empresarial.

No post de hoje, vamos ajudar você a melhorar a performance da sua empresa. Para tanto, vamos mostrar o que é a gestão por resultados, como ela funciona e qual a sua importância para uma corporação. Além disso, explicaremos quais são os pilares que fundamentam essa metodologia operacional, as suas possibilidades de aplicação em um negócio e algumas das formas de mensuração disponíveis para esse modelo. Não deixe de conferir agora mesmo!

O que é a gestão por resultados?

Proveniente da expressão em inglês Management by Results (MBR), o conceito de gestão por resultados diz respeito a um modo de gerir um negócio que se baseia em priorizar o alcance de resultados em absolutamente todas as atividades de todos os profissionais que compõem o time da companhia. A principal finalidade desse modelo organizacional é elevar de forma significativa o desempenho da companhia na totalidade de suas ações, tanto internas quanto externas.

Assim, a gestão por resultados consiste em um modelo de administração que cria uma nova perspectiva de gerenciamento, o que, por sua vez, gera mudanças em toda a cultura organizacional e cadeia produtiva do negócio. De forma diferente da gestão clássica, na qual a obtenção de resultados mantém o foco nos processos, nessa modalidade inovadora, as tomadas de decisão têm como base os objetivos e as metas que devem ser alcançadas em conjunto aos valores da empresa.

Como a gestão por resultados funciona?

O funcionamento da gestão por resultados considera a estipulação de objetivos (macros e micros), a especificação de ações para o seu alcance e a tomada de decisão participativa entre gestores e liderados a partir de um planejamento estratégico. Além disso, a efetividade dessa metodologia depende da articulação entre o controle da execução de atividades pelos profissionais e a flexibilidade de reorganização das estratégias de trabalho, quando necessário.

Portanto, essa metodologia gerencial exige uma boa dose de equilíbrio técnico e bom senso para que possa dar frutos em um negócio. Para isso, é fundamental que a empresa não imponha procedimentos com alto grau de rigidez, e sim que enfoque os resultados que serão obtidos. Isso não quer dizer que os fins justifiquem os meios, mas, significa que a companhia deve estabelecer as suas diretrizes voltadas para o produto, em vez de atentar-se apenas ao processo.

Qual é a importância desse modelo para a empresa?

A implementação da gestão por resultados é importante porque gera uma série de melhorias para a empresa. Há ganhos com relação à capacidade de os colaboradores executarem o seu trabalho, uma vez que os objetivos passam a ser mais claros e precisos. Ocorrem melhoras significativas na comunicação entre chefia e funcionários, que ao partilharem de uma meta geral comum e bem delineada, tendem a trocar informações com objetividade e com menor número de ruídos.

A motivação dos profissionais também aumenta, pois estando envolvidos em todo o processo de alcance de objetivos, tendem a reconhecer a importância do seu trabalho e se sentir pertencentes à companhia, o que gera maior engajamento ao desempenho de suas funções e o consequente aumento da produtividade. Os processos de planejamento e de tomada de decisões também são otimizados, uma vez que a empresa passa a dispor de dados mais fidedignos nos quais se embasar.

Quais são os pilares da gestão por resultados?

Considerando a sua natureza e modo de funcionamento, existem certos parâmetros que sustentam a metodologia de gestão por resultados. Esses pilares podem ser sintetizados como:

  • a referência principal para todo o processo gerencial é o resultado que se pretende atingir;
  • a responsabilidade tanto pelos resultados alcançados quanto por aqueles que não foram obtidos (as oportunidades não aproveitadas) é de todos os envolvidos;
  • todos os elementos e operações da empresa precisam estar integrados, caminhando em conjunto na busca pelos mesmos resultados, de maneira a contribuírem cada um com o cumprimento de suas atribuições.
  • ainda que procedimentos e processos sejam importantes, a ênfase deve ser nos resultados atingidos.

Como aplicar essa metodologia na empresa?

Para ser efetiva, a gestão por resultados deve ser aplicada em 5 etapas: revisão dos objetivos organizacionais, estabelecimento dos objetivos dos profissionais, acompanhamento do processos, avaliação do desempenho e recompensa. Na primeira fase, é preciso que os gestores tenham uma visão precisa dos objetivos de abrangência macro, de modo a conhecerem com clareza os ensejos da companhia e o seu planejamento estratégico.

Durante a segunda etapa, é fundamental que a equipe de gestão e os seus subordinados se reúnam a fim de estabelecer acordos sobre os objetivos a serem desenvolvidos e os objetivos que se pretende alcançar com o seu trabalho, de modo a definirem os prazos para as execuções operacionais. Na etapa de acompanhamento de processos, é preciso que, periodicamente, gestores e colaboradores façam reuniões para verificar se os objetivos estão sendo atingidos.

A penúltima etapa de aplicação da gestão por resultados demanda que o desempenho de cada funcionário seja avaliado de acordo com o grau de alcance dos objetivos delineados, o que inclui a indicação de obtenções parciais, quando for o caso. Na fase final do fluxo de gerenciamento, os colaboradores são recompensados pelos resultados que obtiveram, o que funciona como um mecanismo de motivação profissional e contribui para o aumento da produtividade.

De que formas mensurar a gestão por resultados?

Para identificar se a metodologia de gestão por resultados está funcionando em um negócio, é preciso contar tanto com informações qualitativas, como o feedback dos profissionais, quanto com métricas de natureza quantitativas capazes de evidenciar e analisar dados de diferentes fontes. Aproveitando os diversos recursos tecnológicos disponíveis, vale a pena utilizar, por exemplo, indicadores de produtividade e indicadores de performance.

Com função estratégica no universo corporativo, a gestão por resultados tem potencial para revolucionar a forma como uma empresa atua em seu nicho de mercado. Além de otimizar os processos de definição de objetivos e o respectivo acompanhamento de sua execução, esse modelo gerencial tem potencial para maximizar a eficiência operacional de um negócio, tornando-o mais produtivo e com maior poder de competitividade entre os seus concorrentes.

Agora que você já conhece a gestão por resultados, entre em contato com a DocuSign e descubra quais ferramentas vão ajudar você a colocar essa metodologia em prática! Ou realize um teste grátis da plataforma de assinatura eletrônica da DocuSign.

Publicados