4 passos para fazer uma gestão inteligente de pessoas

gestao inteligente

Os colaboradores são os braços e as pernas de uma empresa. Isso significa que, para caminhar rumo ao sucesso, qualquer companhia precisa da atuação engajada das suas equipes — os responsáveis por colocá-la em funcionamento. Dessa forma, é muito importante dar a devida a atenção ao seu quadro de funcionários, o que pode ser feito por meio da gestão inteligente de pessoas.

Essa gestão permite aos gestores traçarem estratégias e implementarem práticas que geram melhorias no ambiente organizacional, otimizam procedimentos operacionais no setor de recursos humanos e aumentam a produtividade dos colaboradores. Em geral, isso tende a impactar a lucratividade da empresa.

Que tal descobrir como implantar esse tipo de gerenciamento de pessoal em seu negócio? Basta acompanhar o post e conferir os passos que detalhamos para você.

 

1. Incentive o uso de avaliações comportamentais

Uma gestão inteligente de pessoas envolve a administração focada não apenas no sucesso dos negócios, mas o gerenciamento integrado de ações que contemplem a eficiência de processos operacionais e o aprimoramento do desempenho dos colaboradores em sua realização.

Logo, essa modalidade gerencial requer o mapeamento contínuo da performance de cada colaborador, tendo em vista as suas atribuições no cargo que ocupa na empresa, além do levantamento dos interesses e das expectativas dos funcionários com relação à companhia.

Trata-se de efetuar uma abordagem humanizada dos empregados e até dos futuros colaboradores, para otimizar a gestão de recursos humanos da empresa. Mas como é possível colocar isso em prática?

Uma opção vantajosa é incentivar o uso de avaliações comportamentais dos funcionários e candidatos a vagas de emprego. Essa metodologia permite identificar e compreender o comportamento das pessoas a partir de determinados estímulos ambientais, considerando as suas características de personalidade.

O uso de avaliações comportamentais possibilita que o gestor obtenha informações úteis sobre funcionários e potenciais colaboradores na hora da tomada de decisões, além da realização de planejamento estratégico voltado aos mais diversos setores da companhia.

Dessa maneira, de posse de perfis comportamentais de candidatos em um processo seletivo, a empresa pode utilizar o seu conteúdo informacional para cruzar com os dados do currículo e aptidões técnicas. Isso contribui para a escolha do profissional mais bem preparado para ocupar a vaga que está sendo oferecida.

A companhia pode utilizar essa metodologia para otimizar o desempenho do empregado na execução de suas funções, o que gera efeitos sobre a produtividade corporativa.

Assim, ao conhecer em maior nível de detalhamento as habilidades interpessoais e as características emocionais do funcionário, bem como as tendências que ele exibe ao lidar com diferentes situações, o gestor pode alocá-lo de maneira mais proveitosa para atender às necessidades da empresa — maximizando as potencialidades pessoais do colaborador.

 

2. Invista na tomada de decisões baseada em dados

Para contratar, efetuar demissões, realocar colaboradores em outras funções, conceder promoções ou até mesmo manejar conflitos entre funcionários, é fundamental que o gestor se baseie em dados sólidos e confiáveis quando for realizar as suas intervenções.

Quanto maior o número e mais diversificadas forem as informações disponíveis, melhores serão os resultados das tomadas de decisões, uma vez que, com isso, os riscos de serem cometidos erros ou surgirem intercorrências diminuem de forma significativa.

Nessa perspectiva, além das informações obtidas por meio das avaliações comportamentais, é fundamental que a empresa conte com bancos de dados que contenham conteúdo informacional dos mais diferentes tipos.

Uma fonte relevante são os índices de desempenho dos funcionários, que permitem identificar o grau de produtividade de cada profissional e, consequentemente, podem levar à formulação de estratégias que visam a intensificar a performance dos colaboradores, tendo em vista as análises realizadas.

A tomada acertada de decisões é um dos principais desafios da gestão na atualidade. Uma vez que abarca tanto os recursos financeiros quanto o capital humano de uma empresa, interfere consideravelmente no seu funcionamento e competitividade no mercado.

Por isso o processo decisório que envolve o gerenciamento de pessoal deve ser sempre baseado em parâmetros diversificados, englobando o maior número possível de variáveis e buscando abranger a companhia como um todo.

 

3. Implante soluções de gestão de documentos

Fazer a gestão inteligente de pessoas demanda a otimização dos procedimentos administrativos da companhia, o que inclui o gerenciamento dinâmico de documentos.

A empresa precisa investir em soluções tecnológicas capazes de otimizar o trabalho documental no setor de recursos humanos, como a adoção da modalidade eletrônica de documentos trabalhistas, previdenciários e fiscais. Em conjunto a isso, sistemas computacionais que armazenam e integram dados.

Além de contribuir para reduzir custos trabalhistas e minimizar o orçamento corporativo destinado à compra de papel, tonner, impressoras e armários, o uso de ferramentas de gestão de documentos confere mais segurança e garantia de integridade à documentação que circula no setor de recursos humanos da empresa.

Isso é de suma importância, tendo em vista que os documentos de natureza trabalhista devem ser guardados por diferentes prazos. Assim, enquanto o aviso prévio precisa ser armazenado por 5 anos, o contrato de trabalho não pode ser descartado.

 

4. Aumente a produtividade do seu time com uso da assinatura eletrônica de documentos

Não há dúvidas de que a automação de processos gera uma série de vantagens para o negócio. Nessa ótica, a implantação de um sistema de gerenciamento eletrônico de documentos como um CLM pode ser ainda mais otimizado quando a companhia adota o uso da assinatura eletrônica.

Trata-se de um recurso juridicamente válido, seguro e de fácil utilização que propicia o aumento da produtividade dos colaboradores que atuam no RH. Com essa ferramenta, toda a tramitação documental passa a ser feita digitalmente, sem pilhas de papel e arquivos físicos gigantescos.

Investir na gestão inteligente de pessoas tem um importante valor estratégico para qualquer negócio, gerando influência e benefícios diretos em sua produtividade e lucratividade.

Como vimos ao longo do post, esse tipo de gerenciamento contribui de forma significativa para a melhoria do ambiente de trabalho, assim como para o aumento da eficiência dos procedimentos e processos administrativos da empresa. Com o suporte da tecnologia esses ganhos podem ser ainda maiores!

Entre em contato com a DocuSign e faça um teste gratuito das poderosas soluções tecnológicas que vão contribuir para a gestão inteligente de pessoas da sua empresa!

 

https://go.docusign.com.br/o/trial/

 

Publicados
Temas relacionados