Gestão de qualidade nas PMEs: entenda agora como funciona!

Gestão de qualidade O universo corporativo é extremamente competitivo. Disso não restam dúvidas. O que nem sempre está claro para os gestores, principalmente os de pequenas e médias empresas (PMEs), é o que o negócio precisa fazer para estar à frente da concorrência. Nesse contexto, investir na gestão de qualidade é um pré-requisito para a corporação obter sucesso.

Não existe uma fórmula mágica para atingir esse objetivo. Pelo contrário, a companhia precisa se organizar, planejar e desenvolver ações favoráveis à sua atuação no mercado. Que tal descobrir os artifícios capazes de colocar sua empresa no topo, bem acima das concorrentes? Então, basta ficar atento a este post e colocar em prática todas as poderosas dicas que abordaremos nele.

Você vai entender o que é a gestão da qualidade, assim como conhecer a importância de implementá-la e mantê-la nas PMEs. Além disso, vamos mostrar as melhores maneiras de executar esse tipo de gerenciamento em seu negócio. Continue acompanhando!

O que é a gestão de qualidade?

A gestão da qualidade consiste em um modelo gerencial voltado para a promoção de excelência em todos os processos organizacionais, rotinas administrativas, formas de prestação de serviços e produtos oferecidos por um negócio.

Trata-se de um requisito de cumprimento obrigatório para todo negócio que pretende ter vantagem competitiva no mercado. Isso porque a qualidade de um produto ou serviço funciona como um importante diferencial que pode determinar a escolha do consumidor na hora de optar por uma empresa.

Para ser operacionalizada de forma apropriada, a gestão da qualidade de uma companhia deve se basear em princípios que norteiem todo o seu funcionamento. Entre esses fundamentos estão:

  • melhora contínua;
  • envolvimento dos colaboradores;
  • abordagem do sistema para a gestão;
  • liderança proativa;
  • tomada de decisões baseadas em fatos;
  • visão sistêmica;
  • estabelecimento de benefícios mútuos com fornecedores;
  • implementação de ferramentas de controle de qualidade;
  • otimização de processos;
  • foco na satisfação do cliente.

Esses pilares não só sustentam essa modalidade gerencial como permitem a criação de uma política de qualidade, que deve servir para regular as ações, os recursos e as técnicas implementadas com a finalidade de conferir excelência aos processos, serviços e produtos de uma empresa.

O funcionamento da gestão de qualidade em um negócio exige que sejam estabelecidas normas que uniformizem as práticas desenvolvidas por toda a equipe de colaboradores, padronizando o trabalho interno e externo da companhia.

Qual é a importância de manter a gestão de qualidade nas PMEs?

Diferentemente das grandes corporações, pequenas e médias empresas nem sempre contam com capital suficiente para fazer investimentos significativos, montar e gerir infraestruturas de marketing altamente competitivas ou reduzir o valor que cobra pelos seus produtos e serviços.

Dessa maneira, é justamente a qualidade da produção em conjunto ao tipo de atendimento oferecido ao seu cliente que fará a diferença para uma PME diante da concorrência. Além disso, a gestão da qualidade contribuirá para o seu crescimento, já que, com o oferecimento de produtos e serviços de excelência, há maiores condições de aumentar as vendas — o que eleva os lucros da companhia.

A manutenção desse formato de gerenciamento também ajuda a reduzir os gastos da empresa. Isso porque a otimização de processos, sobretudo a partir do uso de ferramentas tecnológicas, atua na correção dos gargalos existentes no ciclo produtivo, evitando desperdícios, cortando custos e zerando prejuízos.

Quais são as melhores maneiras de implantar a gestão de qualidade?

Há muitos desafios na gestão, especialmente no gerenciamento que se preocupa com a qualidade. Felizmente, existem maneiras relativamente simples de implantar esse modelo. Saiba já quais são as melhores estratégias!

Envolva seus colaboradores

Para que a gestão da qualidade funcione em uma PME, ela precisa ser parte da cultura da companhia. Contudo, isso só é possível quando os colaboradores se conscientizam da importância de efetuar tal gerenciamento, participando ativamente da sua realização.

Assim, é importante que os gestores conversem com os funcionários sobre o assunto, ofereçam palestras focadas no modelo gerencial, mostrem exemplos práticos que deixem clara a sua relevância e estejam abertos a sugestões de todos os profissionais.

Faça pesquisas de satisfação

Outra estratégia eficiente para implantar a gestão de qualidade baseia-se na opinião dos funcionários e clientes sobre a empresa, bem como os produtos e serviços oferecidos por ela.

A partir disso, a companhia pode mapear seus processos, identificando aspectos operacionais que precisam ser corrigidos ou melhorados. Com a medição do nível de satisfação dos consumidores, a PME pode planejar melhorias e formular ações para aumentar a qualidade do atendimento.

Ofereça treinamentos

Com uma política de gestão de qualidade estruturada, a empresa precisa treinar seus funcionários para que possam seguir os padrões estabelecidos. Esse treinamento envolve a explicação das práticas adotadas, o objetivo e como precisam ser efetuadas nas diferentes rotinas operacionais.

Cabem aos gestores padronizarem a atuação dos colaboradores para que todos ajam da mesma maneira e de forma a atenderem às demandas corporativas.

Aposte na tecnologia

A automação de processos pode tornar a PME uma empresa paperless, na qual há a redução de documentos em papel. Isso é possibilitado pela adoção de tecnologias que otimizam os procedimentos administrativos e operacionais, sem a necessidade de imprimir arquivos, armazená-los em armários e enviá-los aos interessados via serviço postal.

Os recursos tecnológicos mais eficientes disponíveis no mercado são:

Corrija falhas

Ações como o mapeamento de processo e as pesquisas de satisfação geram relevantes dados para a PME. Com base neles, pode-se planejar e tomar decisões estratégicas. É essencial que essas intervenções também tenham como finalidade corrigir as falhas identificadas, de modo a desenvolver melhorias ao longo da cadeia produtiva da companhia.

Investir na gestão de qualidade é uma exigência para quem deseja aumentar sua competitividade no mercado. É por meio desse formato gerencial que a companhia tem condições de melhorar os sues produtos, serviços e atendimento aos clientes. Além disso, ao usar ferramentas tecnológicas, a empresa contribui para a adoção de práticas sustentáveis no ambiente corporativo.

Que tal adotar as melhores tecnologias para fazer a gestão de qualidade em sua empresa? Entre em contato com a DocuSign e conheça recursos imperdíveis que vão fazer a gestão da sua empresa muito mais fácil, ágil e econômica.

Publicados