Employee experience: o que é e como desenvolver na sua empresa?

Employee experience Ainda que para funcionar uma empresa precise de recursos financeiros, insumos para o desenvolvimento de produtos e equipamentos operacionais, são os seus funcionários que fazem toda a diferença para o alcance do sucesso corporativo. Por isso, é essencial que a companhia implemente mecanismos capazes de mapear a satisfação e o engajamento dos colaboradores que compõem o seu quadro de pessoal. É nesse contexto que ganha destaque o employee experience.

Levando isso em conta, no post de hoje, vamos abordar esse conceito, de modo a esclarecer o quanto a sua aplicação é extremamente positiva para um negócio. Explicaremos o que é employee experience, qual a sua importância e como essa perspectiva pode ser colocada em prática na empresa. Também vamos esclarecer por que o uso de recursos tecnológicos é fundamental para a operacionalização dessa forma de lidar com os profissionais. Não deixe de conferir!

O que é employee experience?

Podendo ser traduzida em termos de experiência do funcionário, a expressão employee experience refere-se ao conjunto de todas as vivências relativas a uma empresa que o seu colaborador tem com ela desde o momento em que mantém contato pela primeira vez como um potencial candidato a uma determinada vaga até o seu desligamento. Trata-se, portanto, da percepção geral que o colaborador possui sobre o seu relacionamento com a organização em que trabalha.

Por depender de toda a jornada do profissional em sua interação com a companhia, o desenvolvimento da employee experience envolve uma série de variáveis. Dessa maneira, diversos aspectos, como a impressão que ele teve ao longo do seu processo de seleção, as formas de tratamento que recebeu no momento da contratação, a qualidade das relações com a chefia e colegas, as funções executadas no trabalho e as habilidades aprendidas, ajudam a direcionar a percepção do colaborador.

Esse conceito é um importante componente do rol de estratégias de gestão de pessoas que têm como objetivo acompanhar a forma como os funcionários estão se sentindo com relação à companhia, e, consequentemente, qual a sua satisfação diante dela. Esse acompanhamento tem valor estratégico para a corporação, uma vez que tende a gerar diferentes tipos de indicadores que são importantes tanto para a empresa quanto para os colaboradores.

Qual é a importância desse conceito?

Maior engajamento do funcionário

Quando a empresa valoriza o seu capital humano, o empregado sente-se mais acolhido e acaba desenvolvendo o sentimento de pertencimento à companhia, envolvendo-se de modo significativo com as suas atividades funcionais e com a marca para a qual trabalha.

Assim, com o employee experience, o setor responsável pela gestão de recursos humanos tem condições de medir o engajamento do colaborador, podendo traçar estratégias para fazer com que o funcionário se engaje ainda mais.

Aumento da produtividade

O mapeamento do nível de satisfação do colaborador com relação à empresa contribui para que a corporação descubra os fatores que contribuem para a motivação do seu funcionário e compreenda o que os desmotiva a dar o seu melhor para a companhia.

A partir desse entendimento, a organização tem informações para elaborar um plano de ações com vistas a motivar os seus empregados, que, em consequência disso, podem se tornar bem mais produtivos.

Retenção de talentos

A preocupação com a experiência do funcionário na empresa, incluindo o seu contentamento com o trabalho e o bem-estar pessoal, contribui consideravelmente para a retenção de talentos na companhia. Isso acontece porque, com frequência cada vez maior, profissionais de destaque buscam não só salários atrativos e oportunidades de crescimento na carreira, mas também a satisfação com a corporação como um todo. Com a employee experience, é possível atender a essa demanda.

Fortalecimento da imagem da empresa

Funcionários motivados para desenvolver as suas atividades ocupacionais e mais satisfeitos com a companhia em que trabalham vestem a camisa da empresa, podendo se tornar verdadeiros defensores da marca. Logo, com o monitoramento dos colaboradores via employee experience, é possível estimular constantemente essa postura dos profissionais, a qual tanto contribui para o fortalecimento da imagem da organização.

Como por em prática na empresa?

O primeiro passo para implementar o employee experience em uma empresa é conhecer os seus funcionários, de modo a entender o que eles avaliam como positivo e negativo em sua relação com a companhia, quais as necessidades que têm e as expectativas que nutrem. Em seguida, é possível identificar interesses e fatores motivacionais comuns entre os colaboradores, o que possibilita a divisão dos profissionais em grupos, para que suas experiências sejam abordadas.

A partir desse trabalho, é possível observar as diferenças entre os funcionários e efetuar uma análise detalhada tanto dos benefícios que cada colaborador oferece para a empresa quanto dos aspectos profissionais que podem ser melhorados. Depois de fazer esse levantamento, chega a hora de elaborar e por em prática estratégias de motivação distintas, tendo em vista as necessidades identificadas na abordagem executada com os grupos formados e com os empregados, tomados isoladamente.

Por que a tecnologia turbina a employee experience?

O uso de recursos tecnológicos na rotina do setor de gestão de pessoas facilita e torna muito mais rápida a execução dos mais variados procedimentos administrativos. Com a implementação de uma das principais ferramentas da automação de processos, a assinatura eletrônica, praticamente todos os documentos da área de recursos humanos podem ser assinados de forma digital (a exceção é o pedido de demissão), o que elimina a burocracia e gera boas experiências para os colaboradores.

Um exemplo da otimização da employee experience na digitalização do RH é a Loggi, startup brasileira de entregas expressas. Ao escolher a plataforma de assinatura eletrônica da DocuSign, a organização passou a realizar todo o seu processo de contratação de funcionários de forma online. Desde então, a admissão, a gestão de benefícios e permissões, o gerenciamento de documentos e demais relacionamentos com os empregados são feitos no ambiente virtual.

A implementação da employee experience tem um grande poder estratégico para a empresa, uma vez que contribui para uma série de melhorias, como o maior engajamento dos seus funcionários, a elevação da produtividade, a retenção de talentos e o fortalecimento da imagem da empresa. Além disso, o uso da tecnologia pode otimizar ainda mais a experiência do colaborador, tornando-o muito mais satisfeito com a eficiência operacional da companhia.

Entre em contato com a DocuSign e conheça as ferramentas tecnológicas que vão tonar a employee experience maximamente positiva! Ou realize um teste grátis da plataforma de assinatura eletrônica da DocuSign.

Publicados