O impacto do que chamamos RH Digital é um dos assuntos mais discutidos por especialistas de Recursos Humanos. Principalmente, porque nas empresas mais competitivas a Transformação Digital já é uma realidade, então, porque no RH não seria, não é mesmo?

O Congresso Nacional Sobre Gestão de Pessoas (CONARH) é um dos maiores eventos do setor, ele traz discussões sobre inovações e reflexões dos assuntos atuais que impactam no desenvolvimento humano.

A 45ª edição do CONARH, ocorreu de 13 a 15 de agosto, no São Paulo Expo, com mais de 160 expositores e 150 palestras englobando o tema principal: #Humanize. Mais de 24 mil pessoas compareceram para discutir sobre como a junção da tecnologia aos trabalho humano agrega o desenvolvimento das empresas.

A agenda do CONARH 2019

Nos três dias de evento a DocuSign esteve presente em um estande para compartilhar conhecimento sobre como a eficiência do RH pode ser melhor quando a burocracia é automatizada. Além disso, também participamos da feira, palestras e discussões para entender como o setor estão se revolucionando com o apoio da tecnologia.

Já no primeiro dia o auditório se encheu de admiradores do renomado médico e ativista social, Patch Adams, para conhecer a sua visão sobre humanizar o ambiente profissional. “Para humanizar a si mesmo, pense sobre quem você é e torne-se isso. Faça sempre o seu 100%, o melhor”, aconselhou o norte-americano.

Muito se discutiu sobre a utilização da inteligência artificial para gestão de pessoas durante a palestra de Robert Duque, Gerente Sênior na Accenture. O executivo comentou que acredita em uma inteligência amplificada, que ajuda na otimização da rotina em uma organização.

Também foi abordado a ética e privacidade de dados dos colaboradores, durante a palestra de Cristiane Carvalho, diretora de RH na Microsoft. Ela falou sobre armazenamento em nuvem e como isso é importantes para a proteção de dados. Você sabia que a assinatura eletrônica é importante para essa gestão de informações?

Durante as palestras do segundo dia, foi possível entender que de fato a tecnologia mudou radicalmente as relações do RH com a empresa e seus funcionários. Alguns dos principais temas foram: a nova métrica de sucesso das organizações, a importância do RH Digital, produtividade e adaptação para a Transformação Digital.

Na mesma tarde, Majo Martinez Campos, Diretora de RH da Atento, comentou sobre como a tecnologia permite que o setor de Recursos Humanos não seja somente uma área de custo, mas uma solução estratégica para o negócio.

A executiva afirmou que a assinatura eletrônica é fundamental para ter um RH 100% digital, uma vez que o alcance é maior e o processo de contratação mais eficiente.

Alexandre Di Micelli, professor, pesquisador e articulista de Governança Corporativa e Ética Empresarial, abriu o último dia com uma apresentação dedicada sobre o que é uma organização de sucesso e qual deve ser o papel de seus representantes.

O especialista falou sobre o medo de mudança e como isso é um obstáculo para a melhor performance da eficiência das equipes. Assim, podemos fazer a relação de que para os profissionais terem mais autonomia ao desenvolverem novos cenários, os processos rotineiros que consomem tempo devem ser otimizados com soluções digitais, assim, as estratégias poderão progredir.

No palco principal do CONARH, Gloria Vanique, jornalista, fez a mediação entre as convidadas Ana Paula Bagus, Gerente-geral de Operação da Kimberly-Clark, e Gabriela Mansur, Promotora de Justiça do Estado de São Paulo do GEVID (Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica).

As profissionais abordaram a importância de transformar a gestão de pessoas nas empresas com um olhar atento às mulheres.

A executiva da Kimberly-Clark disse que dentro das empresas, as mulheres que sofrem violência, geralmente, apresentam baixo rendimento, porém, não são consideradas pela gestão. Ela também explicou que nos tornando seres humanos melhores, as transformações ocorrem e auxiliam no bem-estar do ambiente de trabalho.

Você lembra que já falamos aqui no blog, que com a assinatura eletrônica, documentos podem ser gerenciados de quase todo lugar, por qualquer dispositivo móvel e ainda com validade jurídica?

Gabriela Mansur, promotora e palestrante no CONARH, revelou que há alguns anos atrás chegava a voltar para sua casa com malas de processos. Mas, hoje, tudo é feito por meio de um notebook, no qual todas as tarefas são feitas digitalmente.

Vale ressaltar um ponto que muitos falaram durante o evento: a inteligência artificial não substitui o ser humano, mas, sim, o ajuda. Por exemplo, a tecnologia é aliada na automatização de processos, que geram tempo para que os profissionais consigam focar em outras atividades mais importantes, como a busca por novos talentos para a empresa, por exemplo.

No fim do último dia de CONARH, o tema da palestra de Andreas Auerbach, CEO e Cofundador da NexoHw, foi justamente sobre a relevância da administração do tempo de profissionais para a dedicação nas tarefas estratégicas e interpessoais. “O mundo agora opera em rede”, disse o especialista, quando explicou sobre como projetos horizontais e colaborativos estão relacionados com a Transformação Digital. Por isso, é cada vez mais importante utilizar ferramentas digitais e outras tecnologias que permitam o uso da nuvem, como a assinatura eletrônica, por exemplo.

O CONARH mostrou que a Transformação Digital do RH oferece maior engajamento e resultados para a empresa. Já que a automação de tarefas burocráticas permite que esforços sejam concentrados em questões mais importantes, como desenvolver ações internas e incentivar feedback dos funcionários.

A DocuSign pode ajudar o seu negócio nessa missão! Fale com a nossa equipe de vendas para entender mais sobre como os benefícios da assinatura eletrônica da DocuSign pode ajudar o seu RH Digital ou teste gratuitamente a solução.