Como o RH pode ajudar o funcionário em home office a crescer?

homem de rh trabalhando em alavancar o home office

Com a transformação digital e a facilidade de acesso aos recursos tecnológicos, o trabalho remoto ganhou bastante relevância nos últimos anos. Por conta da pandemia da Covid-19, esse método cresceu ainda mais. Apesar dos benefícios, existem muitos desafios a serem superados pela equipe de Recursos Humanos, sendo o principal deles: como ajudar o funcionário em home office a crescer?

Conforme uma pesquisa feita pela Fundação Instituto de Administração (FIA) e divulgada pela Agência Brasil, 46% das empresas no Brasil adotaram o home office e 67% delas sofreram com o processo de adaptação. Por mais que fosse uma necessidade, alguns problemas começaram a aparecer, como a comunicação ruidosa, a dificuldade dos funcionários acessarem os ambientes virtuais e, até mesmo, dores físicas.

Afinal, não se trata de uma mudança tão simples ou mesmo gradual. Sendo assim, o papel do RH é muito importante, garantindo que esses desafios não se tornem um problema para a performance da companhia.

Mas, na prática, o que deve ser feito para o rendimento do funcionário durante o home office não ser prejudicado? Continue a leitura e confira!

Qual é o papel do RH na satisfação e produtividade dos funcionários?

No dia a dia normal de um ambiente de trabalho presencial, o trabalho da equipe de Recursos Humanos já é primordial para o sucesso da companhia, certo? Ao levar todo esse cenário ao mundo digital, a importância do RH só aumenta. O primeiro desafio é manter a produtividade da equipe ao oferecer todos os recursos e equipamentos necessários para desempenharem suas funções.

Além disso, são os profissionais de RH que devem monitorar o desempenho do restante dos colaboradores. Afinal, dentro de casa e com tantas distrações, pode não ser tão fácil focar no trabalho durante a quantidade de horas necessárias, por exemplo. Ao mesmo tempo, é propício que problemas tornem o desempenho de um profissional um pouco mais baixo.

Cabe ao RH, portanto, identificar constantemente essas situações e garantir que nenhuma delas tenha implicações mais graves no desempenho da companhia. Um profissional está com problema na conexão? É responsabilidade da empresa oferecer o suporte necessário, permitindo que ele possa fazer as suas funções da melhor forma possível.

Esse trabalho de monitoramento e análise deve ser constante, pois situações podem surgir de um dia para o outro. Ao mesmo tempo, é importante ficar de olho em problemas de longo prazo, como o bem-estar físico e mental dos colaboradores. Será que ficar em frente ao computador por muitas horas afeta o desempenho dos profissionais?

Ao solucionar questões como essas, a equipe de RH contribui para a implementação de uma cultura voltada ao home office. Ou seja, um ambiente em que os colaboradores entendem as suas responsabilidades e os desafios no dia a dia de trabalho remoto. Em longo prazo, isso reduz significativamente o impacto da distância geográfica entre os profissionais.

O que o RH pode fazer para ajudar o funcionário em home office?

Para garantir que o desempenho seja o melhor possível, é importante que a equipe de RH adote algumas práticas para contribuir com o rendimento do funcionário em home office. Confira!

Flexibilize os horários

A flexibilização dos horários é a primeira etapa para garantir que o home office seja produtivo. É preciso entender a rotina que cada pessoa tem em casa e, assim, permitir ajustes nas faixas de trabalho. É preciso definir alguns horários em comum para as reuniões acontecerem, por exemplo, mas a flexibilidade é uma necessidade do trabalho remoto.

Converse com os funcionários que têm crianças

Muitos funcionários podem ter crianças, por isso, é ainda mais importante entender como funcionam as suas rotinas. A ideia é diminuir o impacto nas suas funções de trabalho e, ao mesmo tempo, permitir que ele tenha tempo, por exemplo, para dar atenção aos filhos, sobretudo os mais pequenos.

Mantenha um canal de comunicação aberto com todos

Nada vai funcionar sem um cuidado com a comunicação entre os profissionais. Sendo assim, é essencial manter um canal em que todos possam externar as suas opiniões, deixarem feedbacks, relatarem dificuldades, enfim, relatarem como está a rotina de trabalho. O mais importante é incentivar e facilitar a troca de mensagens, independentemente do meio utilizado, a exemplo do uso de SMS pelo RH.

Preocupe-se com a saúde mental dos colaboradores

A saúde e o bem-estar mental dos profissionais também é um ponto de atenção relevante para a equipe de RH. Afinal, como mostramos no início do artigo, é normal que alguns problemas de saúde afetem o desempenho do seu time. É primordial, então, identificar problemas em potencial ainda em sua origem e, assim, adotar as ações necessárias para evitar situações mais graves.

Adéque os benefícios corporativos

Muitos dos benefícios corporativos oferecidos pelas empresas podem não fazer sentido com os funcionários em home office. Dessa forma, é importante que a equipe de RH crie alternativas para realizar a adequação desses benefícios. Trocar a oferta de descontos em academias por preços mais baratos de serviços de streaming é uma opção.

Automatize e otimize processos

Além do uso da tecnologia para automatizar os processos do dia a dia, é importante adotar técnicas que otimizem o fluxo de trabalho, como as metodologias ágeis no RH. Seja para conversar com quem já é colaborador da empresa, seja para fazer contratação digital, os processos devem ser repensados visando que se tornem eficientes também no ambiente digital.

A tecnologia, portanto, tem um papel fundamental para não causar um impacto negativo no funcionário em home office. Procurar por soluções que representem economia de tempo e ganho em produtividade pode ser um diferencial competitivo.

Empresas como a DocuSign podem oferecer maior eficiência para o fluxo de trabalho interno e permitir que o RH foque em questões mais estratégicas. O DocuSign Agreement Cloud para recursos humanos, por exemplo, ajuda a automatizar e acelerar processos, otimizando o tempo do departamento para focar no que realmente importa: pessoas. Permitindo que documentos sejam criados e assinados de forma totalmente eletrônica, sem depender do papel, impressora e transporte.

Agora que você já sabe qual é o papel do RH para otimizar o desempenho dos funcionários em home office, o que acha de dar o próximo passo e garantir ainda mais eficiência na rotina de trabalho da sua equipe? Entre em contato conosco, conheça nossas soluções e descubra como podemos ajudar seu time!

Publicados
Temas relacionados