Este ano, o MEC determino que todos os diplomas para graduação deverão ser 100% digitais. Esse é o reflexo da demanda para a Transformação Digital nas universidades e faculdades brasileiras.

Os documentos digitais têm um processo para finalização mais rápido e eficiente do que quando é utilizado o papel. A consequência é a uma melhor transparência, pois é mais difícil alterar ou danificar um método digital com certificações e segurança, fatores fundamentais para regularizar esses documentos.

Porém, dentro das instituições de ensino ainda existem outras áreas que podem passar pela Transformação Digital e automatizar seus processos, trazendo resultados mais rápidos e eficazes.

O processo de matrícula, por exemplo, é burocrático e demanda muito esforço – a pessoa tem que ir até a instituição de ensino levar cópias de vários documentos. Mas pense bem, o aluno já passou por um processo de admissão cansativo e ainda precisa passar por outro antes de finalmente ingressar na universidade desejada.

Então, se existe uma escolha entre duas ou mais instituições, é compreensível que ele acabe optando pela que tem um processo de matrícula menos trabalhoso. Isso é o que chamamos de pensar na experiência do consumidor.

Outro ponto que faz os processos digitais saírem na frente quando falamos da relação entre novos alunos e instituições de ensino é a necessidade de ser parte do novo universo. Ou seja, as universidades querem que o aluno participe da sua educação, ao mesmo tempo que o aluno também o quer fazer.

O problema começa quando esses alunos vivem em um universo diferente do proposto pela instituição. Os jovens estão conectados quase que 100% do tempo, eles vivem e interagem com a tecnologia desde muito pequenos. Portanto, a realidade deles é outra, assinar um papel fisicamente não faz parte desta realidade.

Para ter o engajamento dos alunos é necessário falar a mesma língua que eles: a digital.

Esse sentimento de pertencer ao ambiente de aprendizagem começa desde o primeiro contato com a instituição, que é o processo de matrícula, autorizações, aplicações para bolsa e tantos outros formulários e documentos. E tornar todos estes processos digitais já é uma realidade para algunas instituições de ensino, que inovaram e sairam na frente.

Devemos lembrar que esses alunos não entendem direito processos com papéis, afinal, o digital é a realidade do cotidiano deles. Ou seja, eles têm muito mais confiança no que é feito automaticamente do que manualmente.

Mas o que fará sua instituição virar a chave para a Transformação Digital é realmente o comportamento, ao pensar na experiência do aluno e na importância de preparar o terreno para que o engajamento seja fluído.

O primeiro passo para realizar essa mudança é eliminar o papel e utilizar a assinatura eletrônica para automatizar as trocas de documentos.

O DocuSign Agreement Cloud é uma suíte de aplicativos, que além da assinatura eletrônica, também oferece outros produtos digitais que ajudam no processo de contratos e finalização de documentos.

Quer dar o primeiro passo agora e começar a conquistar seus alunos e possíveis novos vestibulandos? Teste a assinatura eletrônica da DocuSign por 30 dias gratuitos ou fale com a equipe de vendas para saber mais sobre todos os produtos do DocuSign Agreement Cloud.