O final do ano é um período delicado para muitos mercados de consumo, mas poucos sofrem tanto impacto quanto o varejo. Os presentes de Natal, as compras para o ano novo e os estoques para viagens de férias aumentam agressivamente o volume de compras tanto em lojas físicas quanto no e-commerce.

Toda a correria deste momento costuma colocar a agilidade, a organização, a segurança e fluidez de processos em cheque, já que tanto o gerenciamento das transações com clientes quanto o relacionamento com fornecedores e parceiros são muito mais intensos do que no resto do ano; fica ainda mais difícil atender consumidores que precisam assinar algumas folhas de papel na loja para garantia estendida enquanto se espera uma rubrica em um documento para receber ou enviar quaisquer mercadorias. Além disso, o tempo perdido com impressoras, scanners, filas, gavetas, motoboys, correios, falhas de preenchimento e perda de material é imensurável.

Neste contexto, se preparar para este período insano promovendo a Transformação Digital é uma prática que gera agilidade nas operações e economia para os varejistas. Com o simples uso da assinatura eletrônica, por exemplo, uma loja pode centralizar a gestão de seus documentos e processos de contratação, sejam operações de caixa, garantia estendida, confirmação de pedidos, ou mesmo compra de produtos, entrega de mercadorias e contrato com fornecedores.

Com a DocuSign, varejistas conseguem eliminar seus gastos mensais com correios e despachantes de contratos, além de praticamente extinguir os custos envolvidos em impressões, cópias e armazenamento de papel.

A adoção de uma plataforma que centraliza processos e fluxos de documentos a partir do uso de assinaturas eletrônicas garante que seus contratos sejam geridos com muito mais controle, segurança e agilidade, além de permitir que você assine ou envie documentos remotamente a partir de um celular ou tablet.

Aliás, ao mesmo tempo em que uma solução como a DocuSign oferece mecanismos para as empresas se tornarem mais organizadas e ágeis, ela também faz com que as lojas reduzam despesas, já que o uso de papel, de impressoras e de meios de transporte de documentos físicos é encurtado significativamente. A economia a partir da eliminação do papel amplia a receita e evita o desperdício de tempo com atividades burocráticas ou processuais que poderia ser revertido para tarefas mais urgentes ou estratégicas.

Usando as integrações disponíveis na plataforma da DocuSign, varejistas também podem ter outra mão na roda nos momentos de correria: localizar informações de um cliente no Salesforce, Dropbox ou Google Drive (entre outras centenas de aplicações), inseri-las automaticamente num contrato e enviá-lo para ser assinado eletronicamente em questão de segundos. Com isso, é possível ainda monitorar o status de cada documento dentro de seu ciclo e até enviar notificações ou lembretes para os responsáveis pelas assinaturas.

Apesar de não parecer, o consumidor final também acaba sendo impactado pelos benefícios da assinatura eletrônica, tanto numa compra online quanto estando no balcão. Interagindo com a solução, o consumidor é apresentado a uma experiência totalmente diferente, sem pilhas de papel e sem a necessidade de assinar dezenas de vias diferentes para a mesma finalidade.

Nos Estados Unidos, um cliente da T-Mobile que chegava a passar até uma hora dentro da loja assinando documentos até poder sair com um aparelho de celular novo, hoje não precisa mais do que dez minutos para finalizar o mesmo processo, todo realizado na plataforma da DocuSign

Como o tempo de implementação da solução é curto, não demora para que o varejista comece a desfrutar dos proveitos e vantagens da digitalização de assinaturas e processos – portanto, mesmo que não dê tempo de dar este passo já pensando neste Natal, vale a pena tomar a dianteira entre a concorrência de olho nos próximos trimestres.

Entre em contato com o nosso time e saiba como evitar dores de cabeça até nos momentos mais intensos do ano no varejo. Ou realize um teste grátis da plataforma clicando aqui.