Como gerenciar acordos comerciais? Aprenda aqui!

O segredo do sucesso de um negócio é sempre empreender, de forma a aproveitar todas as oportunidades de negociação que tenham potencial para maximizar os ganhos da empresa. No universo corporativo, é justamente essa postura arrojada que contribui para o crescimento e a lucratividade de um negócio. Mas como é possível fazer isso na prática? Uma excelente opção é investir no estabelecimento de acordos comerciais.

Tendo isso em vista, vamos mostrar neste artigo como gerenciar com eficiência essa modalidade de parceria que é firmada entre companhias distintas. Explicaremos o que são acordos comerciais e qual é a sua importância para a negociação de fornecedores. Além disso, daremos dicas de como usar a tecnologia para fazer a gestão de acordos comerciais nos mais variados segmentos de mercado. Não perca tempo e saiba tudo agora mesmo!

O que são acordos comerciais?

Em termos gerais, um acordo comercial consiste no estabelecimento de um ajuste formal de termos, condições e ações que envolve transações voltadas para a facilitação de compra e venda, promoção de produtos, realização de eventos ou oferecimento de serviços entre duas ou mais partes.

Trata-se do estabelecimento de parcerias específicas nas quais as entidades envolvidas partilham de objetivos comuns e se beneficiam mutuamente do que foi acordado entre elas.

Uma das parcerias comerciais mais comuns é a firmada entre um determinado negócio (supermercado, consultório, loja de departamento, academia, escritório de contabilidade, farmácia etc.) e seus fornecedores.

Considerando que existem diferentes tipos de corporações que atuam nos mais diversos nichos de mercado e que têm variados objetivos de otimização em sua cadeia produtiva, há muitos formatos de acordos comerciais entre empresa e fornecedor. A seguir, listamos alguns deles:

  • acordo de exclusividade;
  • acordo de marketing conjunto;
  • acordo para bonificação de clientes;
  • acordo de fidelidade;
  • acordo para queima de estoque;
  • acordo de inauguração de nova unidade;
  • acordo para campanhas de responsabilidade social;
  • acordo de exposição ou destaque;
  • acordo para realização de comemorações festivas;
  • acordo para redução de custos com logística;
  • acordo de promoção de produtos e serviços.

Qual é a importância dos acordos comerciais para a negociação de fornecedores?

Com o estabelecimento de acordos comerciais, ambas as empresas envolvidas tendem a expandir o seu horizonte de alcance. Isso é bastante vantajoso, uma vez que possibilita um intercâmbio real de novas oportunidades de negócio. A seguir, vamos mostrar alguns dos principais motivos que torna a formação de parcerias com fornecedores uma excelente opção de atuação mercadológica. Confira!

Intensificação das vendas

Firmar acordos comerciais com fornecedores é importante porque aumenta as vendas do negócio. Isso acontece pelos mais variados motivos, a depender do tipo de parceria firmada. O fato é que, ao contar com o apoio de quem fornece matéria-prima, produtos, serviços ou mesmo mão de obra a custos menores ou em troca de contrapartidas, o negócio passa a ter condições de diminuir os preços que são cobrados do consumidor, aumentando o volume de transações finalizadas.

Para que os preços possam ser diminuídos, é importante que a companhia ofereça ao fornecedor bens ou serviços que interessam a ele e, ao mesmo tempo, não impactem de forma significativa no orçamento do negócio.

Aumento da captação e retenção de clientes

Normalmente, o estabelecimento de acordos comerciais melhora os serviços oferecidos, diminui os preços cobrados pelos produtos da empresa, como já mencionamos, e pode ainda trazer outras vantagens para o consumidor, como ofertas exclusivas, brindes e bonificações.

Essas ações contribuem tanto para captar novos clientes — que, sem elas, poderiam consumir da concorrência — quanto para fidelizar aqueles clientes que eventualmente fazem negócios com a companhia.

Para que o fornecedor entenda que o acordo é vantajoso para ambas as partes, é importante que a empresa mostre que a sua contrapartida também ajudará na captação e fidelização dos clientes dele.

Maior diversidade de produtos e serviços oferecidos

Os acordos comerciais permitem à empresa oferecer produtos e serviços diversificados, de forma a aumentar as opções dos seus compradores. Quanto maior é o intercâmbio feito entre fornecedor e companhia, mais variadas e numerosas vão ser as possibilidades de satisfação das demandas e expectativas dos consumidores. Esse cenário tende a contribuir para elevar as vendas e, ao mesmo tempo, fidelizar os clientes.

Aqui, para que a diversificação possa acontecer, vale a pena que a empresa tente oferecer contrapartidas que também possam ser diferenciadas para o fornecedor, baseando-se no argumento da reciprocidade para efetuar a troca.

Valorização da marca

Como já explicamos, um acordo comercial envolve, pelo menos, duas partes, o que exige que o negócio ofereça algo em troca do suporte dado pelo fornecedor. Ao atuar com essa contrapartida, a empresa passa a ser vista também pelos clientes da corporação com quem efetuou a parceria, numa espécie de vitrine.

Ao oferecer produtos e serviços que agradam os compradores do fornecedor, a companhia tem a oportunidade de fortalecer a sua marca e chamar esses consumidores para si.

É fundamental que as empresas que celebram o acordo comercial estejam alinhadas de modo a favorecerem a valorização da marca uma da outra. Isso pode ser feito por meio do treinamento de funcionários, por exemplo.

Como gerenciar seus acordos comerciais com o uso da tecnologia?

O primeiro passo para usar a tecnologia em favor do gerenciamento de acordos comerciais é investir na automação de processos. Alguns exemplos são:

  • a assinatura eletrônica: entre outros documentos, pode ser utilizada nos contratos SaaS;
  • as plataformas em nuvem: são excelentes para a elaboração dinâmica e o compartilhamento instantâneo de arquivos;
  • os sistemas CRM, que são indispensáveis para a gestão de clientes.

A adoção de diferentes ferramentas contribui para o acompanhamento e para a supervisão das parcerias estabelecidas.

Outro recurso poderoso é o DocuSign Agreement Cloud, que, constituído por mais de uma dezena de aplicações e mais de 350 integrações, oferece suporte completo para a realização de acordos. Ele abrange desde a etapa de elaboração do contrato até o momento da assinatura. Uma vantagem adicional dessa solução é que ela emite notificações aos clientes quando os contratos estão próximos da data de vencimento, o que possibilita a tomada de providências necessárias. Além de ter vários templates já prontos, fluxos de aprovação e salvar todas as versões e mudanças no documento que foram realizadas durante o período de negociação.

É preciso ainda que a empresa conte com contratos eletrônicos offline, o que garante tanto a operação sem internet quanto o trabalho com fornecedores com baixo grau de automatização administrativa. Os colaboradores que atuam diretamente na gestão do acordo podem se beneficiar da utilização de APIs — ferramenta que conecta sistemas, banco de dados e aplicativos constituídos por diferentes linguagens de programação, permitindo experiências de uso mais simples e eficientes.

A efetivação de acordos comerciais é essencial para o negócio que busca intensificar as suas vendas, aumentar a captação de clientes, diversificar os seus produtos e serviços oferecidos, bem como valorizar a sua marca. Com o suporte da tecnologia, o gerenciamento necessário para alcançar esses objetivos se torna mais fácil e prático, potencializando os resultados obtidos.

Que tal implementar recursos para gerenciar acordos comerciais? Fale com a DocuSign e use a tecnologia a favor do seu negócio! Ou realize um teste grátis da plataforma de assinatura eletrônica da DocuSign.

Publicados