7 tendências da Computação em Nuvem que você deve conhecer

tendências da Computação em Nuvem

Os últimos anos foram marcados por grandes mudanças no ramo da tecnologia e isso reflete diretamente quando o assunto é gestão empresarial. Entre os principais destaques, a Computação em Nuvem vem se popularizando e oferece diversos benefícios para empresas e pessoas.

Ela é capaz de permitir maior agilidade, mobilidade e segurança para o acesso aos sistemas e informações corporativas. Por conta disso, atribui-se à Cloud Computing a modernização dos modelos de negócios das companhias e as suas adaptações às transformações digitais.

Por isso, preparamos este texto para que você conheça algumas tendências da Computação em Nuvem para o setor de negócios. Acompanhe e confira!

1. Crescimento acelerado

O setor de Computação em Nuvem segue como um dos que mais crescem e se desenvolvem em todo o planeta. O aumento da utilização de serviços de cloud provavelmente impulsionará ainda mais esse mercado, estimulando, com isso, a ascensão de novos negócios baseados em SaaS (Software as a Service) e PaaS (Platform as a Service), entre outras áreas desse ramo.

Outra questão a se considerar é sobre a ampliação da receita da indústria da nuvem, uma vez que essas mudanças serão indispensáveis para as empresas. Estima-se investimentos bilionários nos próximos anos, visto que é de interesse global essa evolução tecnológica nas companhias.

2. Nuvem além da tecnologia

A nuvem não é uma tecnologia que você pode dizer que seja recente. No entanto, o que é atual é a popularização desse modelo computacional de modo que novos tipos de negócio foram gerados a partir do conceito de escalabilidade que é possível com a Cloud Computing.

A nuvem criou um universo de viabilidades que ultrapassam os segmentos de TI e são debatidos em pautas estratégicas de grandes, pequenas e médias empresas. É preciso salientar que o ano de 2020 fez com que lideranças que negligenciavam as aptidões e vantagens da nuvem despertassem de vez para o assunto.

Com isso, neste ano, é fato que mais lideranças utilizarão a nuvem como recurso tecnológico para reinventar as operações dos negócios, melhorar investimentos e custos, atender novos públicos, entre outros.

Nessa perspectiva, vale ressaltar a importância de ter ao lado parceiros de tecnologia em nuvem que tenham know-how e confiabilidade para auxiliar nos processos de gestão do seu negócio, como mecanismos de assinatura eletrônica e contratos digitais.

3. Aumento do armazenamento

Outro ponto importante se refere ao aumento exponencial da possibilidade de armazenamento em nuvem. As corporações fornecedoras devem entregar mais serviços do modelo e com recursos tecnológicos ainda mais avançados.

Melhor dizendo: as empresas e pessoas que desejarem armazenar um alto volume de informações ou executar análises mais consistentes utilizando a nuvem terão melhor eficácia em suas metas utilizando essas soluções.

O uso de data centers privados, por exemplo, está caindo bastante nas empresas, ao passo que o armazenamento em nuvem, que é uma tendência mundial, apenas cresce.

4. Ampliação do uso de nuvens híbridas

A quantidade de negócios que utilizam mais de um fornecedor de serviços em nuvem está em constante ascensão. Diante dos altos custos com manutenção de infraestruturas privadas, as empresas passarão, nesses casos, a dividir suas cargas de trabalho entre modelos públicos e privados.

Em 2020, por exemplo, o modelo de Computação em Nuvem mais utilizado foi a nuvem híbrida, a qual pode disponibilizar diminuição de custos e, ao mesmo tempo, a velocidade e a segurança essenciais. Dessa forma, as companhias poderão optar por qual é o melhor modelo para cada uma de suas necessidades.

5. Uso de Inteligência Artificial e aprendizagem de máquina

A Inteligência Artificial será um facilitador essencial de diversas formas para que a Computação em Nuvem se adapte às necessidades do mercado nos próximos anos. 

As soluções como serviços baseados em Cloud Computing fazem com que as pessoas utilizem praticamente qualquer orçamento e nível de habilidade para acessar funcionalidades de aprendizado de máquina. Por exemplo, processamento de linguagem, ferramentas de reconhecimento de imagem e mecanismos de recomendação são algumas inovações que fazem parte desse universo.

A Computação em Nuvem continuará a permitir que esses grupos de aplicações sejam mais amplamente inseridas por negócios de todos os tamanhos e em todos os segmentos. 

O aprendizado de máquina também atua de modo muito importante nos processos de logística que permitem que os data centers em nuvem operem corretamente. As redes de hardware, os sistemas de resfriamento e a utilização de energia nesses locais podem ser averiguados e gerenciados por algoritmos de Inteligência Artificial. Isso melhora a eficácia de execução e reduzirá seu impacto no ambiente. 

6. Maior foco em segurança

No ano de 2020 entrou em vigor a LGPD. Assim, o que anteriormente eram consideradas boas práticas de segurança da informação passaram a ser obrigatoriedades a todas as empresas.

A questão é que a LGPD ainda é uma novidade e muitos negócios estão tendo que correr atrás para se adaptarem a essa nova realidade. Mais uma vez a nuvem vem como mecanismo central para apoiar com várias ferramentas de segurança da informação, controle de acessos, disponibilidade, entre outros.

Além do mais, negócios que já utilizam soluções em nuvem terão melhor facilidade para inserir tecnologias e adequar seus fluxos de atuação. A nuvem torna a estrutura escalável e de simples manutenção, por isso é essencial que as empresas entrem nessa corrida para se adequar à LGPD — e usar a nuvem, nesse caso, é o método mais eficiente.

7. Fortalecimento do ecossistema de nuvem

Na mesma linha de utilização do multicloud, quem trabalha com esse tipo de serviço em nuvem terá que criar mecanismos que sejam capazes de oferecer soluções a fim de atender às necessidades dos consumidores. Desse modo, é normal que ocorra uma ajuda maior do mercado para padronizações e integrações entre inovações e plataformas.

Com isso, a tendência é que as empresas que precisam da nuvem tenham maior liberdade e simplicidade para utilizar a cloud. Nessa linha, o papel das Cloud Brokers se solidifica e ganha ainda mais importância no intermédio entre os setores de tecnologia e negócios.

Enfim, as empresas têm disponíveis várias opções no mercado de Computação em Nuvem. É preciso escolher aquilo que possa otimizar suas operações e processos internos. Contudo, para que isso ocorra de forma eficiente, é necessário contar com uma empresa qualificada, como a DocuSign, que disponibiliza serviços e soluções em nuvem essenciais para a boa gestão empresarial.

Gostou deste post? Então entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo!

Publicados
Temas relacionados