7 ações estratégicas para aumentar matrículas da IES

ensino superior

A demanda por educação de nível superior vem crescendo significativamente no Brasil ao longo das últimas duas décadas, o que, naturalmente, faz com que o número de instituições de ensino que oferecem cursos de graduação tenha ampliado. Nesse cenário, é comum que a concorrência entre faculdades e universidades torne-se acirrada, exigindo a criação e a implementação de estratégias para aumentar matrículas, de modo a manter a competitividade da empresa.

Mas o que as instituições de ensino superior (IES) devem fazer para atrair mais alunos, levando-os a decidirem pelo ingresso em seus cursos? A resposta é simples: investir no planejamento, bem como na reorganização de estruturas e processos a fim de torná-los mais eficientes e otimizados, agregando valor à companhia. Nessa ótica, vamos mostrar como isso pode ser colocado em prática, indicando 7 ações estratégicas para aumentar as matrículas da sua IES. Veja o que é preciso ser feito!

1. Oferta diferenciada

A IES que busca aumentar as suas matrículas precisa se destacar dos concorrentes, ganhando notoriedade diante dos seus alunos já matriculados e dos futuros estudantes, claro.

Para que a instituição não só alcance, como se mantenha em evidência, é necessário que trabalhe com oferta diferenciada tanto em termos de qualidade e diversidade dos cursos de graduação que oferta, quanto no que se refere à praticidade dos serviços acadêmicos e às condições de pagamento das mensalidades e taxas educacionais.

Assim, a IES deve dispor de projetos pedagógicos de cursos bem-formatados e modernos, com organização didática e conteúdo curricular capazes de preparar apropriadamente os alunos para o mundo do trabalho, e contar com um corpo docente capacitado e experiente. Também é importante que a instituição invista na automação de processos administrativos, facilitando o atendimento aos graduandos. Essas ações contribuem para aumentar a satisfação do alunado, melhorando a imagem da empresa, e a captar mais estudantes.

2. Digitalização das campanhas

Ainda que a propaganda física tenha o seu valor, o verdadeiro poder do marketing está no mundo virtual, haja vista a transformação digital que caracteriza praticamente todos os segmentos da sociedade atual. Por isso, é essencial que a IES invista na digitalização de campanhas com o intuito tanto de divulgar a sua marca para o público que ainda não a conhece, quanto para atrair alunos em potencial já para fazerem o processo seletivo da instituição.

Nesse contexto, recomenda-se que a IES direcione os seus esforços para campanhas publicitárias que privilegiem a prática de marketing digital em diferentes canais de veiculação, como redes sociais, e-mail, blogs, sites e aplicativos de mensagens instantâneas. Além de ser proporcionalmente mais barato do que as estratégias convencionais de atração de clientes, o marketing digital é capaz de alcançar um número maior de pessoas, com muito mais eficiência.

3. Análise de dados

O gerenciamento de contratos ativos e inativos, bem como o levantamento periódico de demandas educacionais do público-alvo em potencial da instituição, é fundamental para alavancar as matrículas. No entanto, para que essas ações possam ser efetivadas com sucesso, a IES precisa gerir adequadamente os dados de que dispõe. E tal gestão só será factível se a empresa utilizar plataformas informatizadas de integração e controle de informações.

4. Implementação da matrícula Digital

Quanto mais simples for os processos de matrícula, mais chance a instituição de ensino tem de conquistar o aluno. Se o processo atual em papel é moroso, cheio de etapas presenciais e custosas para o aluno, a chance dele desistir do curso é grande. A reputação de uma instituição de ensino está diretamente relacionada com a digitalização destes processos.

Dessa maneira, a instituição que pretende elevar o seu volume de matrículas precisa buscar tecnologias capazes de simplificar a vida do aluno, sem correr nenhum risco. Abaixo temos o exemplo do uso da assinatura eletrônica na Multivix para realização de matrículas de ensino à distância, um bom exemplo de digitalização, corte de custos e erradicação de erros.

Remote video URL

5. Investimento em relacionamento com o cliente

A satisfação dos clientes é essencial para mantê-los junto à empresa, além de funcionar como um chamariz na captação de novos consumidores, haja vista a eficiência do velho boca a boca. É essa a lógica também nas IES. Por isso, as instituições de ensino superior devem investir em políticas e estratégias que fortaleçam e dinamizem o relacionamento com os alunos, que, estando satisfeitos, podem indicar a organização a outras pessoas.

Há muitas possibilidades de melhorar esse relacionamento. Para diminuir a burocracia e facilitar os procedimentos acadêmicos, como a renovação de matrícula e a emissão de histórico, é essencial digitalizar processos. O oferecimento de suporte psicopedagógico e a flexibilização das condições de pagamento de mensalidades atrasadas são duas ações importantes para estreitar os laços com os estudantes.

6. Gestão de marca da IES

No mundo universitário, o nome da instituição conta muito na hora de o futuro graduando decidir-se em qual vai se matricular, pois é a sua formação que está em jogo. Dessa maneira, a gestão de marca da organização educacional precisa ser uma preocupação constante, com a implementação de ações que visem a fortalecer a sua imagem e a gerar confiança no público que pretende atingir.

7. Ajuste do planejamento estratégico

Para que as matrículas cresçam e a IES tenha condições de atender aos seus estudantes com qualidade, de modo a zelar pela sua reputação e a manter-se competitiva no mercado, é preciso definir metas mais amplas, objetivos específicos e metodologias de trabalho a curto, médio e longo prazo. Isso significa que é necessário ajustar o planejamento estratégico.

Na hora de alinhar o plano de crescimento com a realidade do mercado, a instituição terá que empregar ações que contribuam com a garantia de receitas, como a fidelização contratual e o pagamento recorrente. Também é importante que a empresa se organize em termos estruturais, priorizando o trabalho com a educação a distância, modalidade de ensino bem mais em conta e que está em expansão no Brasil.

Agora que você já conhece as melhores estratégias para aumentar matrículas na IES, chegou a hora de sair da teoria e ir à prática. Mas não se esqueça de que a efetivação dessas ações só será completa e eficiente, se a instituição de ensino superior implementar as ferramentas tecnológicas apropriadas para suprir as suas demandas estruturais e funcionais.

Entre em contato com a DocuSign e saiba quais tecnologias vão fazer com que as matrículas da sua IES decolem! Ou realize agora um teste grátis da assinatura eletrônica da DocuSign e coloque a sua instituição na linha de frente!

 

Publicados